(299)
Jurídico
Apresentação
Membros do Comitê
» Notícias Jurídicas
 
Você está em:

Comitês

Fórum Varejo Lixo Zero tem avanços de SC reconhecidos internacionalmente 29/10/2015 às 16h

  
Presidente da ACATS, Atanázio dos Santos Netto
Diretoria da ACATS e palestrantes do Fórum Internacional Varejo Lixo Zero
A quinta edição do Fórum Internacional Varejo Lixo Zero, promovido pela Associação Catarinense de Supermercados (ACATS) e o Instituto Lixo Zero Brasil com apoio da Câmara Empresarial de Supermercados da Fecomércio-SC teve apresentações e debates na terça-feira (27/10), em Curitiba. Entre as conclusões mais importantes, ficou a de que o Programa Supermercado Lixo Zero da ACATS está entre os mais avançados do mundo, mostrando resultados que motivaram a apresentação de seu case em quatro eventos nos Estados Unidos este ano, e em um dos painéis do Fórum de Davos, na Suíça.


Atualmente existem sete redes de supermercados catarinenses integradas ao programa, o que dá cerca de 40 a 50 lojas em processo de adaptação. Durante o Fórum, que reuniu120 participantes, mais duas redes de pequeno e médio porte da Grande Florianópolis anunciaram sua adesão. "Talvez a gente não tenha a velocidade que gostaria, mas onde o trabalho está sendo feito os resultados são de alta qualidade e quem está dizendo isso não somos nós, e sim os estrangeiros que aqui vieram e ficaram entusiasmados", atesta o presidente do Instituto Lixo Zero Brasil, Rodrigo Sabatini.


Durante o Fórum, o presidente da Associação Catarinense de Supermercados (ACATS), Atanázio dos Santos Netto, fez uma análise positiva do evento. "Estamos no caminho certo e isso é uma certeza. A outra certeza que temos é de que ainda temos muito para avançar, é um processo que está só começando. Esperamos que no ano que vem tenhamos novos cases de várias empresas sendo apresentados".


Estrangeiros reconhecem avanços de SC
O depoimento da norte-americana Leslie Lukacs no evento foi elucidativo. Sua apresentação foi toda baseada nos resultados do projeto catarinense a partir de avanços conquistados pela empresa que está no grau mais avançado de implantação, a rede Angeloni, que já colhe índices de 93% de destinação total correta de resíduos nas suas lojas. Ela veio por várias oportunidades a Santa Catarina e constatou os avanços. "A velocidade e a qualidade das soluções aplicadas impressiona, com nível de organização mais eficiente e limpo que na Califórnia", afirmou ela. O gerente da rede Angeloni, Gilberto Nascimento, mostrou o case da empresa.


A programação deste ano do Fórum teve também, além de Leslie Lukacs, a participação de Pal Matersson e Sandra Nordstrom da Suécia e Steven Chiev dos Estados Unidos. Os estrangeiros apresentaram detalhes de práticas locais do conceito lixo zero, mas também falaram bastante dos avanços vistos nas empresas catarinenses, bem como reforçaram os compromissos de seus países em prosseguir com novas ações e projetos para acabar com o lixo, seja por queima (muito comum por lá) ou por depósito em aterro.
Sandra Nordstrom dirige uma empresa especializada em fomentar oportunidades de negócios dentro do segmento de sustentabilidade, ela presta consultorias, faz treinamentos e também a incubação de startups para trabalhar com o lixo zero. "Nossa filosofia é apoiar negócios sustentáveis e que seja possível ganhar dinheiro com eles".


Cempre defende desoneração ao setor de reciclagem

O evento também teve a apresentação do diretor executivo da ONG Cempre (Compromisso Empresarial para a Reciclagem), André Vilhena, que surgiu na esteira da conferência Rio 92 apoiada por 37 empresas, e que faz todo um trabalho de acompanhamento da aplicação da Lei de resíduos Sólidos e de projetos de reciclagem e de logística reversa. Vilhena chamou a atenção para uma nova frente de luta que está se formando, a de desonerar as operações de reciclagem. "São vários impostos no mesmo patamar para produtos novos e reciclados. Há espaço, no nosso entender, para desonerar a cadeia da reciclagem a fim de impulsionar negócios no setor." Vilhena também enalteceu a iniciativa da Associação Catarinense de Supermercados, com o Programa Supermercado Lixo Zero, destacando seu ineditismo no país.


Supermercado é o maior doador ao Programa Mesa Brasil do Sesc-Sc

Em outra palestra, a coordenadora do Mesa Brasil do Sesc-SC, Luciana do Nascimento, apresentou a estrutura operacional do programa, que coleta e redistribui alimentos ainda em condições de consumo mas que seria descartados. Hoje os supermercados de Santa Catarina são os que mais contribuem com o programa, que encaminharão até o final de 2015 cerca de 430 toneladas de alimentos. Além disso, a ACATS destina anualmente ao Mesa Brasil, como resultado da EXPOSUPER, sua tradicional feira de produtos e serviços, cerca 6 toneladas de alimentos, beneficiando 1.300 pessoas e dezenas de entidades.


Engajamento social da ONG Olimpo
Um dos momentos mais relevantes do evento foi o depoimento de Edison Miranda, coordenador da ONG Olimpo, que acolhe e trata moradores de rua com dependência química garantindo o sustento do projeto com a compostagem de resíduo orgânico, recolhido dos supermercados integrantes do Programa Supermercado Lixo Zero na Grande Florianópolis. O forte componente social deste projeto não tem paralelo em nenhum outro lugar do mundo, garante os estrangeiros que visitaram a sede da Olimpo e conheceram ´in loco´ as condições gerais do trabalho.


Autoridades no evento
O presidente executivo da Associação Catarinense de Supermercados (ACATS), Atanázio dos Santos Netto e o presidente do Conselho Deliberativo da entidade, Adriano Manoel dos Santos, também, presidente da Câmara de Supermercados da Fecomércio-SC e o diretor executivo e coordenação do Fórum Internacional, Antonio Carlos Poletini, recepcionaram autoridades e convidados especiais no evento como a diretora do Procon-SC, Elisabete Fernandes, a diretora da Vigilância Sanitária de SC, Raquel Bittencourt, o diretor executivo do Cempre, André Vilhena, Wilson Cansian Lopes representando a Comcap, o gerente da Fecoagro-SC, Mauro Shuh, Hélio Leite Júnior, representando a CDL de Florianópolis, a jornalista Susana Ferraz, da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS). Também participaram o vice-presidente executivo Paulo Cesar Lopes e o vice-presidente Administrativo e Financeiro da Associação Catarinense de Supermercados (ACATS), Lucio Matos.

ACATS projeta crescimento do programa nas redes associadas
O diretor executivo da ACATS, Antonio Carlos Poletini, juntamente com o Instituto Lixo Zero, estão projetando a ampliação do Programa Supermercado Lixo Zero junto às redes supermercadistas associadas, tendo em vista os excelentes resultados alcançados pelas empresas piloto (Angeloni e Hippo) e a necessidade que as empresas tem de elaborar o seu Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), para cumprimento da legislação. Além disso, os ganhos são muito grandes na gestão e manejo dos resíduos, sendo viável economicamente.


Assinatura
O Fórum Internacional Varejo Lixo Zero foi uma iniciativa da Associação Catarinense de Supermercados (ACATS) e do Instituto Lixo Zero Brasil, com apoio da Câmara de Supermercados da Fecomércio-SC, Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), Melitta e Superpan.



Marcos Heise - Comunicação ACATS/Redação Portal ABRAS


 




Clipping Portal ABRAS


Últimas

» Prazo para entregar declaração do Imposto de Renda começa hoje 01 de Março 2021, às 12h
» CONTRIBUINTE NÃO PODE MUDAR DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA SIMPLIFICADA PARA COMPLETA APÓS PRAZO DE ENTREGA 01 de Março 2021, às 12h
» PGFN reabre prazos para ingresso no Programa de Retomada Fiscal 01 de Março 2021, às 12h
» Portaria disciplina negociação de débitos inscritos em dívida ativa 01 de Março 2021, às 12h
» TST suspende atividades presenciais após decretação de lockdown no DF 01 de Março 2021, às 12h
» COVID-19: TJDFT suspende atendimento e audiências presenciais diante do "lockdown" 01 de Março 2021, às 12h
» STJ mantém em vigor resoluções referentes ao funcionamento do tribunal durante a pandemia 01 de Março 2021, às 12h
» 33 vetos presidenciais aguardam votação no Congresso Nacional 01 de Março 2021, às 12h
» Governo adia novamente prazo de adoção da nova carteira de identidade 01 de Março 2021, às 12h
» Governador do DF anuncia lockdown a partir de 1º de março 26 de Fevereiro 2021, às 14h

Ver mais »