Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 







Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Economia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Economia

27/11/2020 15:34 - IGP-M sobe 3,28% em novembro e acumula alta de 21,97% no ano

A inflação calculada pelo Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) ficou em 3,28% em novembro, após ter registrado avanço de 3,23% em outubro, pressionada pelo avanço dos preços de commodities agropecuárias, segundo informou nesta sexta-feira (27) a Fundação Getulio Vargas.

 

O indicador é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de aluguel de imóveis.

Com a nova aceleração, o IGP-M acumula alta de 21,97% no ano e de 24,52% em 12 meses.

Em novembro de 2019, o índice havia subido 0,30% e acumulava alta de 3,97% em 12 meses.

 

Apesar de ser considerado o indicador do mês fechado, para o cálculo do IGP-M, são comparados os preços coletados do dia 21 do mês anterior ao dia 20 do atual (o de referência) com os do ciclo de 30 dias imediatamente anterior.

 

Negociação de contratos


Apesar da forte alta do IGP-M, locatários tem conseguido negociar reajustes menores em contratos de locação. Pesquisa do Secovi-SP mostra que em novembro o valor dos contratos fechados na cidade de São Paulo subiu 0,64% em relação a outubro.

 

O vice-presidente de Gestão Patrimonial e Locação do Secovi-SP, Adriano Sartori, explica que a lei não obriga o reajuste. "É obrigatória a inserção de um índice de reajuste no contrato de locação. Entretanto, a aplicação ou não é uma prerrogativa do proprietário", diz.

 

"Locador e locatário podem chegar a um acordo que seja vantajoso para ambas as partes. Se o imóvel é ocupado por um bom inquilino, que sempre cumpriu em dia suas obrigações contratuais, o proprietário vai preferir negociar a ter de arcar com custos como condomínio e IPTU. E, ainda, ter de buscar um novo inquilino", explica.

 

Composição do índice


O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que tem peso de 60% no IGP-M, subiu 4,26% em novembro, ante 4,15% em outubro. Na análise por estágios de processamento, a taxa do grupo Bens Finais variou 2,74% em novembro. No mês anterior, o índice havia registrado taxa de 2,84%.

 

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que tem peso de 30% no IGP-M, variou 0,72% em novembro, ante 0,77% em outubro. Quatro das oito classes de despesa componentes do índice registraram recuo em suas taxas de variação. A principal contribuição partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação (3,10% para 1,44%).

 

Já o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), que tem peso de 10% no indicador, subiu 1,29% em novembro, ante 1,69% no mês anterior. Os seus três grupos componentes registraram as seguintes variações na passagem de outubro para novembro: Materiais e Equipamentos (4,12% para 2,85%), Serviços (0,33% para 0,73%) e Mão de Obra (0,19% para 0,24%).

 

Maiores influências de alta no mês


Ao produtor:

 

Soja: 11,91%
Milho (em grão): 21,85%
Farelo de soja: 21,26%
Bovinos: 7,40%
Batata-inglesa: 47,83%


Ao consumidor:

 

Passagem aérea: 11,70%
Gasolina: 1,93%
Tomate: 19,32%
Batata-inglesa: 32,23%
Etanol: 7,75%


Na construção:

 

Vergalhões e arames de aço ao carbono: 5,05%
Tubos e conexões de ferro e aço: 7,87%
Esquadrias de alumínio: 5,91%
Condutores elétricos: 9,82%
Cimento Portland comum: 3%


Fonte: G1

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

15/01/2021 12:52 - Ipea aponta inflação de 6,22% para as famílias mais pobres em 2020
15/01/2021 11:45 - Após 6 altas seguidas, vendas do comércio caem 0,1% em novembro
14/01/2021 15:30 - Pandemia provoca perda média no faturamento do comércio do Rio
14/01/2021 15:20 - FGV: Indicador Antecedente da Economia subiu em dezembro de 2020
14/01/2021 15:19 - Intenção de Consumo das Famílias sobe 0,7% em janeiro
14/01/2021 13:19 - IBGE: indústria cresce em dez dos 15 locais pesquisados em novembro
13/01/2021 15:29 - Mercado brasileiro de cartões deve crescer até 20% neste ano, prevê Abecs
13/01/2021 15:14 - Produção de arroz e feijão será menor na safra 2020/2021, mas consumo também recua, diz Conab
13/01/2021 12:52 - IBGE: setor de serviço sobe 2,6% em novembro, sexta alta consecutiva
13/01/2021 12:51 - Confiança do empresário industrial recua em janeiro
12/01/2021 17:06 - Inflação de 2020 foi melhor que previsão anterior, diz diretor do BC
12/01/2021 15:06 - Inflação para famílias com menor renda fecha 2020 com alta de 5,45%
12/01/2021 15:04 - Prévia aponta alta de 1,89% do IGP-M em janeiro
12/01/2021 11:33 - IPCA: inflação oficial fecha 2020 em 4,52%, maior alta desde 2016
11/01/2021 16:00 - Cesta básica fica mais cara em todas as capitais ao longo de 2020, aponta Dieese

Veja mais >>>