Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Redes de Supermercados

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Redes de Supermercados

05/12/2019 16:48 - Grandes varejistas apresentam recordes de vendas nesta Black Friday

O varejo brasileiro se surpreendeu com o recorde de vendas registrado na edição deste ano da Black Friday, realizada na última sexta-feira, 29 de novembro. Entre os principais motivos para o impulso nos negócios, segundo os empresários, estão a liberação de uma parte do saldo nas contas do FGTS, os juros baixos e a demanda por consumo reprimida.

 

O grupo Via Varejo, dono das marcas Casas BahiaPonto Frio e Extra, faturou R$ 1,1 bilhão na data. De acordo com a companhia, esta foi a primeira vez que tal desempenho acontece em apenas um dia de vendas. No terceiro trimestre de 2019, a título de comparação, o valor faturado foi de R$ 6,5 bilhões. Trata-se de um “recorde absoluto”, nas palavras do presidente da companhia, Roberto Fulcherberguer. “Varejo que suporta Black Friday está preparado para escalar qualquer volume de vendas”, comentou.

 

Fulcherberguer disse que há uma melhora do mercado, com as vendas após a Black Friday ainda aquecidas. Por isso, a expectativa é que o Natal também registre bom desempenho e que o próximo ano seja positivo para o setor. “Essa sinalização de recuperação já é o reflexo do que a gente vai ter em 2020”, afirmou. “Não tenho dúvidas de que esse pacote de melhorias no País está se refletindo no varejo.”

 

Magazine Luiza não revela os números, mas afirma que as vendas foram positivas tanto no comércio eletrônico quanto nas lojas físicas do grupo. O diretor de e-commerce da empresa, Eduardo Galanternick, conta que o crescimento foi acima da variação do mercado, que neste ano teve alta de 23,1% em relação a 2018, de acordo com dados divulgados pela Ebit/Nielsen.

 

“É positivo como um todo dar mais poder de compra para o consumidor, seja colocando dinheiro na carteira ou reduzindo custos”, avaliou.

 

Já a Amazon, com atuação apenas em e-commerce, também viu na data deste ano o maior dia de vendas da história da companhia no país. Sem revelar cifras, o diretor de varejo, Daniel Mazini, afirmou que a quinta-feira pré-Black Friday já foi recordista, sendo superada pelo próprio dia da promoção.

 

“A gente estava otimista por causa do bom resultado do Amazon Day (em julho de 2019), que tinha sido muito forte, mas o número bateu o que a gente esperava”, explicou o executivo.

 

Manzini atribui o resultado da Amazon à expansão de 16 para 30 categorias de produtos à venda no site, ao lançamento do serviço Prime e à comercialização de produtos exclusivos, como a assistente de voz Alexa e o alto-falante inteligente Echo.

 

Fonte: Mercado e Consumo

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

21/01/2020 12:15 - Ribeirão Preto (SP) recebe nova operação do Dia
20/01/2020 17:49 - Confiança Supermercados sorteia mais de R$ 1,3 milhões em prêmios
20/01/2020 15:47 - Supermercados de Niterói já registram falta de água mineral por crise da Cedae no Rio
20/01/2020 15:38 - Grupo Casino divulga resultados de 2019
20/01/2020 15:25 - Projeto torna obrigatória doação de alimentos por grandes supermercados
17/01/2020 13:17 - Hirota vai lançar locker refrigerado corporativo
16/01/2020 15:40 - Vendas do GPA saltam 24% no 4° tri com impulso da Assaí
16/01/2020 15:19 - Extra realiza campanha nas lojas e site
16/01/2020 12:37 - Cade concede aval para Carrefour fazer parceria com rede Super Nosso
15/01/2020 15:32 - Novos padrões da marca Sabor & Qualidade

Veja mais >>>