Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 









Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Redes de Supermercados

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Redes de Supermercados

18/09/2015 12:20 - Mercado de vizinhança vai se ajustar ao desejo do cliente para deslanchar

Atibaia - O segmento de proximidade, conhecido como mercado de vizinhança, passa por um processo de consolidação. Após cair no gosto do consumidor brasileiro, e com preços cerca de 3% mais caros que um supermercado comum, agora ele passa por ajustes para continuar a crescer.

Pesquisa da Nielsen apontou que o canal de proximidade cresceu 2,9% no primeiro semestre do ano. "Hoje o canal de vizinhança já é visto como um local para compra de abastecimento", diz a gerente de serviço de varejo da Nielsen, Maria Fernanda Celidonio, na Convenção da Abras, que terminou ontem

Mesmo sendo um canal com preços mais caros na comparação com um supermercado, essas operações se diferenciam ainda pelo sortimento ofertado. "Hoje, 40% das redes de vizinhança já comercializam produtos orgânicos, muitos têm padarias próprias e 98% deles retomaram o antigo hábito das cadernetas, o famoso fiado", afirmou o presidente da GfK, Felipe Mendes.

Com maior evidência no segmento supermercadista a partir de 2012, o modelo precisa se adaptar para crescer, como é o caso do Minimercado Extra, pertencente ao Grupo Pão de Açúcar (GPA). "Foram momentos testando o canal. Em 2006, com o Extra Perto, 2008 com o Extra Fácil, 2011 com o Minimercado Extra e 2014 com o Minuto Pão de Açúcar", afirmou o diretor de lojas de proximidade do GPA, Renato Giarola.

Ao DCI, o diretor da rede afirmou que o Minimercado está em fase de clusterização, e em novembro duas unidades serão abertas e totalmente reformuladas. "A intenção é melhorar a experiência para o público consumidor", disse ele. Neste caso, serviços como o de padaria serão inseridos na operação como forma de diferenciar o atendimento.

Além de layout e projeto arquitetônico totalmente diferenciado das lojas Mini atuais, as unidades terão sortimentos diferenciados. "Essa seria a terceira onda de ajustes na operação que terá foco maior em atendimento", disse Giarola, lembrando que esse "ambiente mais moderno busca entender melhor o cliente".

Hoje o GPA tem 261 lojas do Minimercado Extra e 36 do Minuto Pão de Açúcar. "Até o fim do ano serão 50 lojas do Minuto", revelou ele.

O executivo explicou que os formatos de proximidade da rede atuam em três frentes diferentes: passagem, vizinhança e de atenção, ou seja, condicionado a preço. "Assim a clusterização envolve o consumidor de todas as classes", diz.

Questionado sobre a expansão do novo Minimercado Extra, Giarola afirmou que é um projeto piloto e que os resultados serão estudados para depois expandir. "Isso bem depois, são lojas piloto".

Novos players

Em São Paulo, quem acaba de entrar no setor de vizinhança é o Grupo MGB - holding controladora das redes Supermercados Mambo e Giga Atacado. No dia 14, a rede inaugurou o Mini Super, em Guarulhos (SP). Em Minas Gerais, o Grupo Multi Formato Distribuidora lançou o Momento Super Nosso. Além dessas operações, o Grupo tem o supermercado Super Nosso, o atacarejo Apoio Mineiro, além de um atacado distribuidor, uma indústria de perecíveis e um e-commerce com delivery de alimentos. "Compramos uma rede de quatro padarias Morini e a transformamos em Momento Super Nosso", diz ao DCI o presidente do Grupo, Euler Nejm. O empresário prevê ainda a abertura de outras unidades este ano. "A meta é fechar 2015 com nove lojas de proximidade", afirmou ele.

Para o ano que vem, Nejm projetou a abertura de mais seis unidades, divididas entre as bandeiras de supermercado e atacarejo. "Serão duas lojas do Super Nosso, três do Momento Super Nosso e uma do Apoio", disse. O grupo investiu também em uma fábrica para a produção de perecíveis. "Foram R$ 30 milhões na construção da fábrica que fica ao lado do nosso centro de distribuição", ao atuar em todas as pontas, explica Nejm, o abastecimento das lojas é mais efetivo. Para este ano, a previsão é que as mais de 30 unidades do grupo faturem R$ 2 bilhões.



Veículo: Jornal DCI

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

24/11/2020 16:19 - Atacadão inaugura unidade em Mogi Mirim
24/11/2020 15:49 - Extra e Pão de Açúcar registram recorde de vendas online de carne suína
24/11/2020 15:33 - Rede de supermercados Cidade Canção abre mais de 100 vagas de emprego em Maringá
23/11/2020 15:55 - Grupo Koch inaugura loja do Komprão em Timbó na próxima quarta-feira (25)
20/11/2020 15:50 - Walmart supera estimativa de vendas com forte demanda online
20/11/2020 15:48 - Assaí abre a sua maior loja em Salvador
20/11/2020 15:42 - Casa Santa Luzia: quiosques de Natal
20/11/2020 15:35 - As armas do Grupo Mateus para bater GPA e Carrefour no Nordeste
19/11/2020 18:45 - Grupo Muffato é contemplado com três prêmios de varejo e design
19/11/2020 16:45 - Rede Bom Lugar Supermercados reforça presença em Araçariguama
19/11/2020 15:56 - Oba Farm leva conceito inédito para o interior paulista
19/11/2020 15:40 - Grupo DMA nova bandeira de atacarejo
18/11/2020 16:05 - Pão de Açúcar venderá serviços a lojistas em marketplace em 2021
18/11/2020 15:51 - Grupo ABC em nova cidade
18/11/2020 15:47 - Makro anuncia parceria com Zone Soft para apoiar negócios de restauração

Veja mais >>>