Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 









Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Carnes / Peixes

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Carnes / Peixes

13/08/2018 11:13 - Preço do boi melhora, mas criadores gastam mais para engordar o gado

Em julho, o preço pago pela arroba do boi gordo em Mato Grosso do Sul fechou valendo R$ 131,77, valorização de 13,2% em um ano. A alta foi puxada pela demanda aquecida num período de baixa oferta. No entanto, a região sofre com a falta de chuva.

 

O pecuarista Luiz Vieira avalia um dos poucos lotes de gado Nelore que ainda estão na fazenda. A propriedade fica em Sidrolândia, região central do estado. "É muito difícil, porque você não tem para onde mudar o gado. Tá tudo seco, tudo igual. Então nós ficamos rodando o gado e daí não adianta nada. Ele não engorda, não ganha peso", diz.

 

Para não perder dinheiro, seu Luiz está mandando parte do gado para o confinamento. Animais que iriam para o frigorífico no ano que vem vão ser abatidos mais cedo. "60 bois, mais ou menos 480 quilos de média e que deverá ficar em torno de 70 dias no confinamento para ir para o abate final", conta o pecuarista.

 

Essa tem sido uma estratégia para muitos criadores do estado que sofrem com a estiagem. Nesta temporada os pecuaristas estão gastando mais para engordar o boi no confinamento. Em agosto de 2017, o valor médio da diária era de R$ 7,00. Hoje, chega a R$ 8,50. Segundo os criadores, isso é reflexo do aumento de custos dos principais componentes da ração.

 

Nos últimos 12 meses, o milho teve alta de 62%, o farelo de soja registrou aumento de 55% e o núcleo com minerais subiu, em média, 10%. O produtor Rodrigo Soriano sentiu a redução da margem de lucro.

 

"Suplemento, folha de pagamento, óleo diesel, aumentou muito mais. Sem dizer que, há três anos, a arroba do boi era mais que hoje, mais de 10% mais caro que hoje", diz.

 

Para a analista técnica da Famasul, Eliamar Oliveira, "já se fala numa seca histórica e isso impacta diretamente no campo. Ou seja, uma seca mais intensa torna o período de entresafra mais intenso e isso, provavelmente, vai refletir nos preços pagos ao bovino".

 

Fonte: Globo Rural

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

29/06/2020 15:29 - Preço da carne bovina subiu no atacado
23/06/2020 15:29 - Alta nos preços do boi gordo e da carne bovina no atacado
17/06/2020 15:48 - 8 frigoríficos foram interditados em maio em função da Covid-19
05/06/2020 14:22 - Marfrig lança linha de hambúrgueres Bassi
29/05/2020 15:29 - Pandemia já afeta produção de carne bovina
27/05/2020 15:22 - Carne bovina com qualidade e segurança
26/05/2020 15:09 - Carne bovina: mercado atacadista equilibrado
22/05/2020 15:46 - Indústria de pescados do Brasil pede ajuda do governo em meio à pandemia
15/05/2020 15:49 - Preço da carne oscila nos supermercados; confira os tipos mais baratos
13/05/2020 15:23 - Apesar do coronavírus, cadeia produtiva da carne bovina segue em alta
07/05/2020 16:33 - Carne bovina: vendas registram melhora com chegada do Dia das Mães
29/04/2020 10:46 - Suinocultura é impactada pelo coronavírus
14/04/2020 11:41 - Carne brasileira amplia mercados com coronavírus reduzindo barreiras comerciais
08/04/2020 10:47 - Quase 95% dos pescados são aprovados
16/03/2020 12:12 - Preço das carnes tem queda de 3,53% em fevereiro, segundo IBGE

Veja mais >>>