Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 









Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Bebidas

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Bebidas

24/09/2015 13:15 - Skol puxa lista das marcas mais valiosas

São Paulo - A Skol desbancou a cerveja mexicana Corona no ranking anual BrandZ das 50 Marcas Mais Valiosas da América Latina. Segundo a lista, a cerveja brasileira viu em 2015 o valor da marca avançar 20%, somando US$ 8,5 bilhões.

 

A Corona, que liderava o ranking desde 2013, ficou na segunda posição com um valor de marca de US$ 8,47 bilhões. Além da Skol, o ranking aponta ainda outras 3 marcas brasileiras entre as dez mais valiosas: Bradesco, que ficou na 4ª posição, e teve valor de marca estimado em US$ 5,2 bilhões, o Banco Itaú, na 7ª posição (US$ 4,3 bilhões) e Brahma, na 8ª posição (US$ 4,18 bilhões).

 

O ranking, que foi desenvolvido pela Millward Brown Vermeer, do grupo WPP, combina informações financeiras das companhias com a opinião e lembrança dos consumidores sobre a força da marca e credibilidade do produto.

 

Entre as companhias mais valiosas da América Latina se destacaram este ano as empresas de alimentos e bebidas, financeiras e higiene pessoal.

 

Entre as dez maiores, as cervejarias dominam o top 10 pelo 3º ano, ocupando cinco das 10 primeiras posições, sendo que quatro delas - Skol, Corona, Brahma e Modelo - fazem parte da gigante belgo-brasileira de bebidas Anheuser-Busch InBev (AB inBev).

 

Avanço

 

O valor de marca das 50 maiores empresas da América Latina avançou 2% este ano, sobre 2014, indo a US$ 132 bilhões. No total, as marcas brasileiras representam 24% do valor do ranking. Já as mexicanas registraram um crescimento de 34% para 37% neste ano. Antarctica foi a marca do Top 50 que apresentou o crescimento mais acelerado em 2015, de 62%, chegando a US$ 1,9 bilhão.

 

Já a Petrobras, a marca mais valiosa da América Latina em 2012, sequer entrou na lista neste ano por conta do tombo do seu valor de mercado. BTG Pactual aparece pela primeira vez no ranking, ficando na 42ª posição.

 

 

Veículo: Jornal DCI

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

04/06/2020 17:11 - Dona da Ambev quer digitalizar o pequeno varejo
29/05/2020 15:38 - Ambev, Heineken, Coca-Cola e outras empresas se unem e investem R$ 370 milhões
29/05/2020 15:33 - Coca-Cola e outros gigantes montam operação para ajudar pequenos varejistas
26/05/2020 15:10 - Ambev faz parceria para vender Biscoito Globo
18/05/2020 16:17 - Isolamento dobra venda de bebidas alcoólicas pela internet
14/05/2020 16:36 - De cerveja a drinques: as lives dedicadas ao mundo das bebidas
07/05/2020 15:09 - Lucro da Ambev desaba 56% no 1° tri com impacto de Covid-19, despesas financeiras
07/05/2020 15:07 - AB InBev tem prejuízo no 1° trimestre, mas aponta sinais positivos na China e EUA
23/04/2020 11:04 - Vendas da Coca-Cola caem 25% com impacto no “out-of-home”
22/04/2020 10:37 - Covid-19 faz lucro da Heineken cair quase 70% no 1° trimestre
07/04/2020 10:56 - Cai em 52% venda de bebidas alcoólicas no Brasil, confirma Abrabe
03/04/2020 11:56 - Fabricação de bebidas alcoólicas cresce 5,9% antes da crise do coronavírus
24/03/2020 11:49 - Ambev desiste de projeções de desempenho para 2020
18/03/2020 17:03 - Ambev produzirá álcool em gel para doar a hospitais públicos
12/03/2020 11:17 - Vinho importado pode ficar até 10% mais caro em abril

Veja mais >>>