(411)
Associações Estaduais
Apresentação
Contatos
» Notícias
 
Você está em:

Abras

Varejo Alimentar paulista lidera contratações do segmento em julho 06/09/2019 às 12h

Nos esforços por reduzir o desemprego no país, o varejo alimentar tem se destacado. Em sua análise mensal, a Associação Paulista de Supermercados (APAS) ressalta que foram criadas 2.055 vagas em São Paulo no mês de julho, e que um dos motivos para este bom resultado é o crescimento nas contratações de Minimercados e Hortifrutis. O primeiro foi responsável por 284 postos, enquanto os hortifrútis ficaram com 192. Os números são 468% e 433% maiores quando comparados com o mesmo mês em 2018.

 

O crescimento no número de contratações vem ocorrendo de forma consistentemente ao longo dos anos, e os volumes apresentados pelos hortifrutis configuram o melhor período em 10 anos. Entre os canais, os supermercados e hipermercados ainda lideram o número de contratações, com 926 vagas no mês.

 

“Os resultados demonstram que aos poucos a economia está se recuperando e refletindo em maior consumo nos supermercados, o que demanda contratações. Também podemos projetar uma melhor expectativa para o final de ano, uma vez que o número de empregos gerados em julho de 2019 é 55% maior que o de 2018”, analisa o economista da APAS, Thiago Berka.

 

Na lista de vagas abertas, atendente e embalador foram os principais cargos com resultados positivos no mês de julho. Entre as cidades, São Paulo voltou a ficar na liderança com 723 postos contratados, correspondendo a 35,1% da geração líquida de vagas. No interior, destaque para o crescimento de vagas nos postos de Campinas, com 7,4%. Atualmente, no estado, o setor conta com mais de 534,2 mil empregados.

 

No país, o mês de julho teve geração líquida de 43.820 vagas. O resultado acumulado nos sete primeiros meses de 2019 é o melhor desde 2014. O comércio varejista brasileiro em geral criou 2140 postos e ficou em 8º lugar dentre os 25 subsetores da economia.

 

Nota Metodológica: A Pesquisa de Emprego dos Supermercados apura mensalmente o comportamento do emprego no setor supermercadista através de dados do CAGED (Cadastro Geral De Empregados E Desempregados), do Ministério do Trabalho e Emprego. São coletados dados sobre a Admissão, Demissão, Saldo Mensal e Saldo Total de funcionários ligados a atividade supermercadista, e os indicadores apontam a evolução e o comportamento do setor ao longo do tempo.

 

Fonte: JE Online

 



 

Últimas

» Supermercados de Minas registram alta de 4,22% 14 de Fevereiro 2020, às 12h
» ASSERJ e SRE Trade Show conquistam vitória no pagamento do ICMS para feiras e eventos comerciais no Rio 13 de Fevereiro 2020, às 19h
» Peixe deve ficar até 2,5% mais caro na Semana Santa, aponta pesquisa 13 de Fevereiro 2020, às 12h
» Supermercados Paranaenses Projetam Alta de 8% 13 de Fevereiro 2020, às 12h
» Após chuva, associação prevê faltas pontuais de frutas, verduras e legumes em SP; varejo fala em queda de 20% nas vendas 13 de Fevereiro 2020, às 12h
» Supermercados de SC fecham 2019 com vendas positivas 04 de Fevereiro 2020, às 17h
» Associação de Supermercados promove chá beneficente em prol de instituição filantrópica no Rio de Janeiro 04 de Fevereiro 2020, às 15h
» ASSERJ recebe homenagem da Prefeitura do Rio de Janeiro por parceria na implementação do Código Sanitário no Município 31 de Janeiro 2020, às 13h
» Varejo alimentar tem maior geração de empregos em 2019 31 de Janeiro 2020, às 12h
» APAS e GS1 Brasil oficializam lançamento da Vércer 31 de Janeiro 2020, às 12h

Ver mais »