Com apoio do Pão de Açúcar, Desafio Conexsus aposta em negócios comunitários sustentáveis no País

O Desafio Conexsus, lançado em maio, pela Conexsus – Instituto Conexões Sustentáveis, em parceria com o Pão de Açúcar, por meio do Instituto GPA, tem como objetivo mapear, diagnosticar gargalos e selecionar organizações que atuem em cadeias produtivas de valor e que tenham potencial para crescer em escala. O Desafio tem três etapas que envolvem mapeamento, oficinas, visitas regionais e um ciclo de desenvolvimento de negócios. 

A iniciativa visa ainda ampliar parcerias e oportunidades de comercialização entre empresas e organizações que atuam com produtos agroecológicos e da sociobiodiversidade brasileira. Também será ofertado acesso a capital financeiro para investimento e operacionalização das organizações.

O Pão de Açúcar, formato premium do GPA, é referência em inovação, valorização de conceitos de saudabilidade e sustentabilidade. Por isso, desde o início do ano, tem fortalecido sua atuação social no fomento da cadeia produtiva da alimentação saudável e sustentável. O Desafio Conexsus é o primeiro projeto de investimento social da bandeira.

O Pão de Açúcar tem a sustentabilidade como um de seus pilares estratégicos. Todas as lojas contam com espaço exclusivo para comercialização de alimentos frescos, orgânicos e saudáveis, apresentando um mix diversificado e completo dessas categorias, incentivando assim a produção de centenas de produtores familiares que abastecem as mais de 180 lojas da rede em todo o Brasil.

Adicionalmente, por meio do programa de marca própria, os pequenos e médios agricultores tem incentivo para comercializar seus produtos sob as marcas Qualitá e Taeq, sem a necessidade de custos com a criação e manutenção de logomarcas; ou ainda, por meio do programa exclusivo Caras do Brasil, comercializam produtos autênticos da gastronomia brasileira feitos a partir de matérias primas tipicamente brasileiras, incentivando o comércio justo e conceitos de valor compartilhado. Dessa forma, o Pão de Açúcar segue apoiando e garantindo fonte de renda para dezenas de agricultores familiares.

“Mapeamos mais de mil negócios comunitários. Desses, 70 serão selecionados para participação em um ciclo de desenvolvimento que conta com oficinas de modelagem de negócios, laboratórios de soluções de acesso ao mercado e crédito. E, 20 contarão com uma incubação de 6 meses, em que terão encontros presenciais de capacitação, mentoria e assessoria individualizada de gestão”, comenta Thatiana Zukas, gerente do Instituto GPA.

Para a diretora de operações da Conexsus, Carina Pimenta, “a Conexsus, junto aos parceiros estratégicos e co-criadores da iniciativa como o Pão de Açúcar visa ativar e fortalecer os ecossistemas de promoção de negócios comunitários, combinando recursos de fomento, financiamento e apoio técnico e em gestão, estruturando novos arranjos produtivos mais sustentáveis”

Entre os negócios cadastrados estão a Central do Cerrado que une atividades produtivas e o uso sustentável da biodiversidade do Cerrado em diversas cooperativas, que atuam em sete estados e 35 organizações comunitárias, funcionando como uma ponte entre produtores comunitários e consumidores. Outro exemplo é o Projeto Reca (Reflorestamento Econômico Consorciado Adensado), localizado em Porto Velho (RO), que reduz o desmatamento da região por meio do cultivo de frutos amazônicos em sistemas agroflorestais (SAFs).
O mapa com todas as iniciativas está disponível em: www.desafioconexsus.org.br.

O Desafio tem como parceiros estratégicos: Good Energies Foundation, Pão de Açúcar, por meio do Instituto GPA, IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas e Moore Foundation, Fundo Amazônia, Fundo Vale, Fundação Certi, GIZ – Cooperação Alemã para o desenvolvimento sustentável, União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economica Solidária (Unicafes) e Climate and Land Use Alliance (CLUA). Além disso, a parceria conta com mais de 30 parceiros cocriados que são organizações da sociedade civil – muitas delas já atuantes junto aos negócios mapeados e seus territórios, além de organizações governamentais e de apoio técnico.

Instituto GPA

Fundado em 1998, o Instituto GPA é o braço social do GPA que tem como propósito contribuir com o despertar da empatia e da consciência individual e coletiva, provocando transformações sociais. Para isso, oferece oportunidades que ampliam as possibilidades das pessoas irem ao encontro de sua vocação e incentiva ações de mobilização social.

Pão de Açúcar

Formato de supermercado premium do GPA, o Pão de Açúcar tem como vocação social o fomento da cadeia produtiva da alimentação saudável e sustentável. Com uma gama de produtos que vai dos básicos até os mais sofisticados, a rede é referência em inovação, valorização de conceitos de saudabilidade e sustentabilidade.
Fonte: Assessoria de Comunicação do Instituto do GPA