(319)
Última edição
Última Edição
Matéria de Capa
Ponto de Vista
Destaque
Internacional
 
Você está em:

SuperHiper

2017: força e representatividade


Este mês iniciamos uma nova diretoria na Abras, e é uma honra presidir essa importante entidade na gestão 2017/2018. O momento é de muitas expectativas. O setor supermercadista começa o ano com um grande desafio: continuar aumentando suas vendas e investimentos em um cenário econômico ainda de instabilidade.

 

Almejamos a retomada do crescimento, mas sabemos que nós, empresários supermercadistas, precisaremos de empenho e criatividade para manter nossas lojas funcionando diariamente com competitividade. O setor de supermercados é um dos mais importantes da economia brasileira, representamos 5,3% do Produto Interno Bruto (PIB). E, se hoje somos fortes e respeitados no âmbito estadual e federal, temos muito a agradecer à Abras, que tem atuado com afinco para melhorar a representação da atividade supermercadista no Brasil.


Dentre as prioridades da nossa pauta para este ano estão: a aprovação da Lei do Trabalho Intermitente, que tem potencial para criar mais de 3 milhões de empregos, a Simplificação Tributária, a Modernização das Leis Trabalhistas e o reconhecimento dos supermercados como Atividade Essencial. E, para isso, trabalharemos junto ao governo federal, por meio da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Comércio, Serviços e Empreendedorismo (Frente CSE) em parceria com a União Nacional de Entidades de Comércio e Serviços (Unecs).


O setor supermercadista brasileiro já deu sinal de recuperação; em 2016 registramos 1,58% de crescimento. O que mostra o empenho dos empresários de autosserviço na ativação das vendas. Os supermercadistas estão confiantes de que a economia voltará a crescer, como mostra a Pesquisa Tendências, realizada pelo Departamento de Economia da Abras, com exclusividade para esta edição da SuperHiper. Na avaliação, os empresários acreditam em um melhor desempenho em 2017.


Precisamos focar nas oportunidades! É hora de começarmos a nos preparar para a Páscoa, que este ano acontece no dia 16 de abril. É o melhor momento, após o Natal, para alavancarmos as nossas vendas e garantirmos bons resultados no primeiro semestre. É preciso traçar estratégias e parcerias para fazer a diferença. Os supermercados precisam de gôndolas organizadas e atrativas, com produtos de qualidade e uma equipe preparada para atender os clientes da melhor maneira possível, e, assim, fazer da Páscoa uma grande realização.


 Sabemos do intenso trabalho que teremos durante todo o ano de 2017. Mas precisamos manter o otimismo e buscar novas oportunidades para inovarmos cada vez mais. Conto com a união e participação de todos os empresários  supermercadistas e das nossas 27 associações estaduais de supermercados, para que nossa nova diretoria consiga contribuir ainda mais com a evolução dessa importante entidade e trazer novas conquistas para fortalecermos o nosso setor.