(-81)
Você está em:

Home

Artigo: Beneficiar o consumidor é a melhor estratégia para impulsionar as vendas no Natal 09/12/2014 às 12h

*Fernando Gibotti

 

 

 

   Gibotti14
Fernando Gibotti
Estamos em contagem regressiva. Com o fim do ano, aproxima-se também a necessidade de os supermercadistas adotarem estratégias eficazes para recuperar as vendas no Natal, a data eleita como a mais importante para o varejo. A nossa expectativa é impulsionar o crescimento em aproximadamente 16% com a campanha ‘Premiação Instantânea de Natal', criada para proporcionar benefícios ao comprador, que, por sua vez, tem sentido suas conquistas ameaçadas com a alta da inflação. 

Por meio de um apelo lúdico, o cliente compra, conquista o direito de tirar a sorte e levar de imediato um prêmio para casa. Ele se cadastra e depois de consumir um valor determinado pelo supermercadista está liberado para girar a ‘Roleta de Natal' num totem localizado na loja. Se acertar o Ganha Prêmio, recebe um presente. Quanto mais essa ação se repete mais chances terá de ganhar.


O cliente quer fazer compras onde tem custo, mas também benefício. Com certeza divulgará aos amigos e familiares a descoberta do lugar que considera ideal pela experiência de ser recompensado. Ser precursor de boas notícias eleva a percepção dos que nos cercam em relação à nossa capacidade de ser bem informado. Nos tornamos descolados aos olhos do outro. Afinal, quem não deseja ser prestigiado?


É esse foco que não podemos perder com as ações promocionais. Conquistamos e estabelecemos uma relação saudável contemplando os clientes. Todos gostamos de ser reconhecidos por nossas ações. Os fornecedores entram no rol dos que buscam prestigio. Dispor dos seus produtos para premiar os vencedores funciona como um canal de divulgação e consolidação das marcas.
A parceria fortalece vínculos entre supermercadistas, fornecedores e cliente, além de baratear a campanha pelos retornos de imagem e fidelidade obtidos. Uma vez satisfeitos, os consumidores voltam sempre.


Outra vantagem da ‘Premiação Instantânea' é realizá-la simultaneamente à campanha de sorteio de um prêmio de alto valor, ação tradicional no fim de ano. O próprio supermercado define as regras das promoções: valor, prêmio, número de cupons, etc. Realizar as duas ações casadas é uma decisão do lojista.
Precisamos renovar sempre para obtermos êxito. Este foi um ano que mexeu com o bolso, o emocional e a autoestima da população e dos varejistas. A Copa do Mundo prometia ser o grande provedor do consumo. A expectativa de receber mais de 700 mil turistas estrangeiros e atrai-los às compras concretizou-se numa escala menor do que se esperava. Em junho, a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) registrou queda de 1,40% no consumo durante a Copa em relação ao mês anterior.


Os varejistas mexeram em táticas promocionais até então sagradas para atingir suas expectativas. Reduziram investimentos para promover o Dia dos Namorados, por exemplo. Alguns deixaram a data passar em branco. Em compensação apostaram suas fichas nas previsões de que a Copa provocaria um aumento no consumo. Muitas variáveis levaram os supermercadistas a acreditarem em vendas crescentes de alguns produtos durante os jogos.

 

A Nielsen divulgou um pesquisa em 2013, apontando que 63% dos brasileiros declaravam consumir algo enquanto assistiam esportes na TV. O primeiro item do ranking era o consumo de refrigerante (43%), o segundo, cerveja (37%) e o terceiro, pipoca (22%). Enfim, apostar todas fichas no Mundial era compreensivo.

Mas a Copa são águas passadas. O cenário macroeconômico de alta inflação, crédito acanhado e juros elevados é, agora, o que indica para a necessidade de renovar e crescer.

 

 


*Fernando Gibotti é diretor de Inteligência do GS Group, empresas em soluções de fidelidade e ações promocionais para o varejo, com abrangência nacional. Especialista em estudos e ações no varejo, Gibotti é doutor em Computação Aplicada pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe); mestre em Engenharia Urbana pelo PPGE da UFSCar; especialista em Geospatial Technology pela universidade Jaime I - Castellón, Espanha; especialista em Geospatial Infraestructure pela University of Munster - Munster, Germany.



 

Últimas

» Artigo: O que acontece no varejo da China, não fica na China 26 de Agosto 2019, às 15h
» Artigo: Três dicas para impulsionar o e-commerce nas datas comemorativas do varejo 31 de Maio 2019, às 19h
» Artigo: Qual a melhor forma de fidelizar um cliente? 19 de Fevereiro 2019, às 12h
» Artigo: O pequeno varejo ampliando o acesso à automedicação responsável 26 de Novembro 2018, às 18h
» Artigo: As oportunidades e os desafios da Black Friday 23 de Novembro 2018, às 16h
» Artigo: Internet das Coisas é uma vantagem para o seu negócio? 14 de Novembro 2018, às 15h
» Artigo: O recado das ruas aos candidatos 24 de Setembro 2018, às 13h
» Artigo: Uma boa gestão pode te desviar das crises 26 de Junho 2018, às 17h
» Artigo: venda de remédios em supermercados pode reduzir preços ao consumidor 06 de Junho 2018, às 17h
» Artigo: Bancos travam cartões de crédito e o País 18 de Abril 2018, às 15h

Ver mais »