Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Tecnologia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Tecnologia

05/06/2018 11:53 - E-commerce perde R$ 407 mi na greve

Durante os 11 dias de paralisação dos caminhoneiros, o e-commerce brasileiro deixou de faturar R$ 407,2 milhões, segundo estimativa da consultoria Ebit, que mapeia o segmento no Brasil. Como resultado, o setor teria perdido 861,7 mil pedidos.

 

De acordo com os dados do Ebit, a queda média diária foi de 20% nas vendas, quando comparado com os mesmos dias das semanas pré-paralisação. De acordo com o diretor executivo da Ebit, André Dias, o segmento vinha apresentado resultados positivos, movimento que corroborava para uma melhora do comércio ao longo do ano.

 

Além do Dia das Mães, principal data do calendário do varejo eletrônico no primeiro semestre, que registrou alta nominal de 12% na comparação do ano passado, a Copa do Mundo também estava aquecendo as vendas dentro do ambiente digital.

 

"É um período muito bom para as vendas de TVs, que possuem tíquete médio mais alto e isso impacta positivamente no faturamento do setor. Com a greve, o consumidor ficou com receio de comprar e não ter a certeza quando o equipamento chegaria. Essa incerteza que gerou a retração nas vendas", explica.

 

Sobre o ritmo de normalização das entregas, Dias acredita que a normalização das entregas e a retomada das vendas deve acontecer em até dez dias. "Os varejistas contrataram mão de obra extra para realizar as entregas e vão apostar em campanhas para atrair o consumidor de volta ao comércio eletrônico", afirma.

 

Ao todo, por causa das paralisações em todo o País, o comércio varejista perdeu R$ 3,1 bilhões em apenas seis Estados, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Por causa da greve, a entidade revisou a projeção de alta nas vendas do varejo em 2018, de 5,4% para 4,7%.

 

Apesar dos impactos negativos da greve, o e-commerce fechou o mês de maio com crescimento nominal de 10% na comparação com o mesmo período do ano passado. "Prevíamos inicialmente 20% e fechamos o mês com metade. Nossa expectativa é que com a normalização da atividade econômica, possamos reaver esse crescimento represado. Além da Copa, teremos o Dia dos Namorados que também é uma data importante para o e-commerce”, diz.

 

Fonte: DCI

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

01/02/2019 11:49 - Amazon tem lucro de US$ 3 bi no trimestre, um aumento de 63%
28/01/2019 11:09 - Avanço da tecnologia permite emprego no exterior sem cruzar a fronteira
24/01/2019 11:18 - Amazon faz varejistas recuarem na bolsa
23/01/2019 11:41 - Amazon no Brasil: qual o tamanho da ameaça para Magazine Luiza, B2W e Via Varejo
22/01/2019 12:16 - Amazon amplia operações no país e recorre a frete grátis para ganhar mercado
22/01/2019 12:10 - Beleza tem maior fatia do e-commerce
17/01/2019 11:49 - E-commerce crescerá 16% em 2019
16/01/2019 11:35 - E-commerce registra queda em Campinas
26/12/2018 15:54 - Ebit|Nielsen: e-commerce fatura R$ 9,9 bilhões no natal, alta de 13,5%
26/12/2018 15:22 - Regiões periféricas entram no radar do comércio eletrônico de alimentos

Veja mais >>>