Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Tecnologia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Tecnologia

21/08/2017 11:54 - Venda de celular usado vira negócio milionário

São Paulo - Após registrar faturamento próximo a R$ 60 milhões em 2016, a plataforma de celulares seminovos Trocafone projeta um avanço acima de 200% nas vendas para este ano. Com a evolução da marca, a companhia agora mira outros mercados emergentes, como Colômbia, Chile, Peru e Rússia.

 

"Nosso trabalho é muito similar ao que acontece no mercado de carros seminovos. No momento em que você tira o carro da concessionária, ele perde valor. Com o celular, o mesmo acontece, pois existe muita rotatividade. Todos os anos saem novos modelos. Antes, a frequência de troca de aparelhos era de quatro anos, agora os clientes trocam de modelo entre um ano e um ano e meio", comenta o CEO da Trocafone, Guille Freire.

 

Comprar celulares usados de pessoas das classes A e B, que mantêm o smartphone do 'momento', e revendê-los com até 70% de desconto para as classes C e D, que não conseguem comprar um aparelho novo devido ao alto valor dos produtos: essa era a vocação da Trocafone. Com a crise no Brasil, no entanto, até mesmo clientes com maior poder aquisitivo têm comprado pela plataforma.

 

A divergência entre o número de pessoas que trocam de smartphones ano a ano e àquelas que não têm a mínima condição de comprar um celular novo no Brasil é paradoxal. Segundo o CEO da Trocafone, 50 milhões de brasileiros compram novos modelos anualmente. Na outra ponta da balança, porém, mais de 100 milhões de pessoas não têm poder aquisitivo suficiente para fazê-lo.

 

Traçando a expansão

 

Com objetivo de encerrar 2017 com faturamento acima de R$ 200 milhões, a Trocafone se apoia nessa diferença entre classes para manter os índices de crescimento. "Estamos fazendo diferentes testes no site a todo instante. Temos parcerias com grandes varejistas e operadoras. Compramos celulares diretamente de empresas como Samsung, iPlace, LG, Fast Shop e Magazine Luiza. Por conta disso, temos uma variedade de produtos maior que as lojas que vendem modelos novos", disse Freire ao DCI.

 

Mirando mercados emergentes, a Trocafone também tem atuação na Argentina. A empresa, inclusive, surgiu em 2014 a partir de um aporte de aproximadamente R$ 3 milhões entre grupos de investidores de ambos os países. Para os próximos anos, o objetivo é levar o serviço para outras regiões no mundo.

 

"Estamos olhando para mercados como Colômbia, Chile, Peru e Rússia como potenciais para um futuro próximo. Captamos US$ 25 milhões nos últimos três anos. Nosso foco é o mercado emergente, justamente onde você encontra esse gap muito grande entre a classe alta e a classe média."

 

Para não ficar apenas no mundo virtual, a Trocafone inaugurou seu primeiro ponto de venda fixo em outubro de 2016, um quiosque no Shopping Tamboré, em Barueri (SP). Contudo, o plano de abrir mais de 20 pontos físicos este ano não saiu do papel. Hoje, existem apenas três operações.

 

 

Fonte: DCI São Paulo

 

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

12/04/2019 11:57 - Cada vez mais populares, marketplaces começam a revelar problemas
09/04/2019 11:20 - Startup leva tecnologia para supermercados online e quem ganha é o consumidor
12/03/2019 09:43 - Ebit|Nielsen: dia do consumidor deve gerar faturamento de R$258 milhões no e-commerce
26/02/2019 11:31 - Americanas.com entra na disputa com gigantes do comércio eletrônico
19/02/2019 15:11 - EBIT|NIELSEN: e-commerce fatura r$53,2 bilhões em 2018, alta de 12%
19/02/2019 12:02 - Publicidade de apps em celulares deve movimentar US$64 bi em 2020, diz estudo
01/02/2019 11:49 - Amazon tem lucro de US$ 3 bi no trimestre, um aumento de 63%
28/01/2019 11:09 - Avanço da tecnologia permite emprego no exterior sem cruzar a fronteira
24/01/2019 11:18 - Amazon faz varejistas recuarem na bolsa
23/01/2019 11:41 - Amazon no Brasil: qual o tamanho da ameaça para Magazine Luiza, B2W e Via Varejo

Veja mais >>>