Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Tecnologia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Tecnologia

16/03/2017 11:48 - Mercado de PCs recua 31% em 2016

 


São Paulo - O mercado brasileiro de PCs voltou a diminuir em 2016, quando foram vendidas 4,5 milhões de unidades. Este é o menor volume desde 2004, de acordo com a IDC Brasil. O montante é 31,7% menor que o registrado em 2015, quando 6,6 milhões de máquinas foram comercializadas.  Segundo o analista de pesquisa da consultoria especializada, Pedro Hagge, os resultados eram esperados . "Além da crise, no ano passado houve mais interesse por smartphones, tablets e até aparelhos televisores inteligentes, que oferecem a possibilidade de assistir a filmes e consumir entretenimento. Ou seja, o computador, que até 2012 era praticamente o único dispositivo a oferecer acesso a internet, ano a ano vem perdendo espaço para outros dispositivos", afirma.  A queda de popularidade dos PCs também gerou efeitos sobre o faturamento do segmento: em 2016 o mercado todo faturou R$ 10,9 milhões, contra cerca de R$ 15,3 milhões no ano anterior.

 

Já o tíquete médio das máquinas passou para R$ 2.413 em 2016, informou Pedro Hagge. Em 2015 a média era de R$ 2.326 e, em 2014 de R$ 1.694. Do total de máquinas comercializadas, 2,8 milhões foram notebooks (queda de 30% na comparação com 2015) e 1,7 milhão foram desktops (queda de 35% na comparação com 2015). Ainda de acordo com o IDC Brasil, 3 milhões de computadores foram vendidos para o mercado doméstico e 1,5 milhão tiveram o segmento corporativo como destino. Quando analisado apenas o quarto trimestre do ano passado, os resultados da IDC Brasil indicam queda de 11% em relação ao mesmo período de 2015. Ainda assim, o período foi o mais forte de 2016 (representando 27% do total) por conta da Black Friday.

 

Futuro

A tendência, segundo a IDC Brasil, é que o mercado se estabilize em 2017, mantendo os 4,5 milhões de computadores vendidos no ano passado. "Mesmo que a economia melhore, não devemos ter um incremento nas vendas este ano. O mercado de computadores é maduro e a vida útil das máquinas tem passado dos seis anos, já que a qualidade é melhor e o uso tem sido dividido com outros dispositivos. Para se destacar no mercado, os fabricantes precisam inovar e oferecer produtos com preços acessíveis", afirma Hagge.

 

 

Fonte: DCI

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

14/11/2017 12:01 - Celular ganha espaço na Black Friday
07/11/2017 11:16 - Crédito impulsiona produção de informática e eletroeletrônicos
26/10/2017 10:25 - Autoatendimento: um caminho sem volta
18/10/2017 11:19 - Com comércio de eletrônicos, Amazon finca os pés no Brasil
09/10/2017 11:41 - Magazine Luiza começa a vender produtos de limpeza, higiene e beleza na Internet
27/09/2017 10:52 - Comércio eletrônico paulista fatura R$3,76 bi no 2º tri, diz FecomercioSP
22/09/2017 12:08 - Johnson Controls lançou solução que reduz consumo de energia na Convenção ABRAS
19/09/2017 11:24 - Preço em loja virtual recua 5% em um ano
11/09/2017 11:27 - Convenção ABRAS: OKI Brasil traz tecnologias para conveniência do consumidor e empresa
08/09/2017 18:09 - Visual Mix marca presença na 7º Exposição e Feira de Tecnologia da Convenção ABRAS

Veja mais >>>