Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Redes de Supermercados

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Redes de Supermercados

29/10/2018 11:43 - GPA vai acelerar revitalizações de supermercados em 2019

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) planeja acelerar o ritmo de conversões e revitalizações no formato de supermercados em 2019, além de continuar apostando em crescimento robusto do atacarejo, com meta de abertura de 15 a 20 lojas Assaí por ano, disseram nesta sexta-feira executivos da companhia.

 

"O super é um formato importante para que tenhamos um posicionamento competitivo com os regionais, que cresceram no mesmo ritmo que o atacarejo na crise", afirmou à Reuters o presidente do GPA, Peter Estermann, em entrevista após teleconferência com analistas sobre os resultados do terceiro trimestre.

 

Na véspera, a varejista controlada pelo grupo francês Casino reportou lucro líquido consolidado de 138 milhões de reais no terceiro trimestre, superando em 37 por cento o montante apurado um ano antes, apoiada na alta de dois dígitos das receitas em meio à contínua firmeza da bandeira Assaí e à melhora nas demais operações da companhia.

 

Desde abril, o GPA vem ganhando participação de mercado em todos os formatos e bandeiras, uma tendência que Estermann vê continuar no quarto trimestre, com a inauguração de mais 11 lojas Assaí, 12 Compre Bem, 13 Mercado Extra, além de três revitalizações em lojas Pão de Açúcar.

 

"O último trimestre é extremamente sazonal, temos Black Friday e Natal, então é normalmente bastante competitivo e a companhia está preparada para participar desses eventos de modo forte", afirmou o executivo.

 

Além dessas duas datas importantes para o varejo, as aberturas e reinaugurações previstas para o período também exigem intensificação das atividades promocionais, o que possivelmente limitará ganhos de margem com uma eventual aceleração da inflação alimentar até o fim do ano, segundo Estermann.

 

"O impacto da inflação na margem não é tão significativo... parte temos que reinvestir para termos as vendas que esperamos", explicou.

 

No multivarejo, o plano de conversões e revitalizações das 187 lojas Super Extra avança conforme o planejado e o GPA vê potencial de transformar 50 por cento delas em Compre Bem e 50 por cento em Mercado Extra, de acordo com o executivo.

 

Só em 2018, serão 36 lojas convertidas. "Não temos nenhum interesse em não ter mais a marca Extra... O Mercado Extra é a revitalização do Super com menos investimento", disse Estermann.

 

No caso da marca Pão de Açúcar, serão 15 lojas revitalizadas este ano, totalizando 20 desde 2017, afirmou Marcelo Bazzali, diretor-executivo do Pão de Açúcar. Dentro do formato proximidade, o GPA também tem planos de abrir novas unidades do Minuto Pão de Açúcar no próximo ano e do Mini Extra a partir de 2020.

 

Para o Assaí, o foco será crescimento orgânico, com entrada em novas regiões e Estados, o que vem exigindo uma mudança no posicionamento de marketing da bandeira, destacou o presidente da divisão de atacarejo, Belmiro Gomes.

 

Na avaliação dele, a "volta discreta" da inflação alimentar vem favorecendo o reajuste de preços no atacarejo, mas é improvável que a margem bruta do Assaí ultrapasse a marca de 16 a 16,5 por cento.

 

As ações do GPA encerraram a sexta-feira em queda de 2,24 por cento, cotadas a 77,98 reais, enquanto o Ibovespa terminou em alta de 1,95 por cento. Em 2018, os papéis da companhia acumulam ganho de apenas 0,2 por cento.

 

Via Varejo e Novo Governo

 

Estermann ainda ressaltou que a venda da subsidiária de móveis e eletrodomésticos Via Varejo segue em andamento e que o GPA espera que o processo "evolua" passado o período eleitoral.

 

"Entendendo melhor os rumos para o ano que vem, devemos ter evolução do processo", disse presidente do GPA sem dar mais detalhes.

 

Questionado sobre as expectativas para o novo governo, ele afirmou que, independentemente de quem seja eleito, a companhia deseja estabilidade do câmbio, inflação controlada e um Banco Central independente.

 

"E as reformas também são vitais para que possamos ter investimento significativo no país e se reduza a taxa de desemprego", completou Estermann.

 

Fonte: Reuters

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

21/01/2019 11:29 - Casino vende 26 lojas para grupo de investimento Fortress
17/01/2019 17:22 - Coop inicia inscrições gratuitas para Ciclo de Palestras
16/01/2019 15:35 - Carrefour cria cozinha itinerante que ensinará nas lojas receitas saudáveis
16/01/2019 11:14 - Supermercado na praia é a novidade do verão carioca
14/01/2019 14:17 - Coop fecha 2018 com faturamento de R$ 2,3 bi
14/01/2019 12:26 - Vendas do Assaí têm avanço
14/01/2019 12:23 - Grupo Muffato fecha 2018 com mais de 1 mil colaboradores novos contratados
11/01/2019 11:35 - Vendas líquidas do Assaí no 4ºtri sobem 23% sobre um ano antes, diz GPA
08/01/2019 11:26 - Walmart começa a promover "superofertas" e deve transformar mercados em atacarejo
07/01/2019 11:24 - Prezunic aposta na venda de pneus com parcelamento sem juros

Veja mais >>>