Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Sustentabilidade

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Sustentabilidade

31/05/2019 09:53 - Carrefour adota novas embalagens com materiais recicláveis e biodegradáveis

Focado em reduzir o impacto ambiental de suas operações, o Carrefour anuncia mais uma iniciativa do seu plano de revisão e substituição das embalagens utilizadas em diferentes setores de seus supermercados e hipermercados, além do e-commerce. Todo o sortimento de orgânicos passará a priorizar o uso de materiais recicláveis e biodegradáveis ainda em 2019. Considerando números estimados para esse ano, a iniciativa deve gerar um impacto que equivale à troca de mais de 51 milhões de bandejas de isopor por alternativas mais ecológicas em um período de 12 meses. Líder do movimento de combate ao desperdício no varejo brasileiro, o Carrefour implanta uma série de iniciativas alinhada ao Act for Food, que promove junto aos consumidores a importância de hábitos alimentares mais saudáveis e sustentáveis, valorizando os benefícios para a saúde de todos

 

“Acreditamos que a transformação dos hábitos de consumo exige inovação, o que também passa pelo desenvolvimento de novas embalagens e o Carrefour não mede esforços para continuar implementando iniciativas sustentáveis e com responsabilidade socioambiental em toda a cadeia”, afirma Marie Tarrisse, Gerente de Sustentabilidade do Carrefour Brasil.

 

Para produtos orgânicos de marca própria e de outros fornecedores, as embalagens de isopor serão substituídas por papelão ondulado. O isopor é um material de baixa reciclabilidade no Brasil, por ser leve e ocupar muito espaço para acumular um volume minimamente viável para o reciclador. Além disso, demora muitas décadas para se decompor. Já o papelão é uma matéria prima natural reciclável e biodegradável – e leva cerca de seis meses para se decompor.

 

Para frios e queijos fatiados, as embalagens de isopor serão trocadas por folhas de papel e de plástico de polietileno, que utilizam uma quantidade reduzida de matéria prima. Reciclável e biodegradável, o papel l é proveniente de área de reflorestamento e possui o selo FSC (Forestry Stewardship Council, sistema internacional de certificação florestal). Já o plástico de polietileno também é reciclável e pode ser facilmente separado do papel no momento da coleta seletiva. As novas bandejas trarão instruções para fazer essa separação – basta puxar a película de plástico pelas pontas para descolá-la do papel.

 

As cafeterias de todos os supermercados e hipermercados do Carrefour também já começaram a substituir canudos, copos e mexedores de café de plástico por materiais feitos com papel e madeira. Os canudos e copos de papel são recicláveis e biodegradáveis. Já a madeira é biodegradável, podendo ser descartada como item orgânico após o uso. O grande benefício dessa frente é redução drástica do uso do plástico e o combate ao risco de vazamento desse material no meio ambiente – que é bastante elevado com canudos e mexedores, por serem itens muito pequenos.

 

Já nas padarias, as embalagens de papel com visor de plástico transparente – uma mistura que inviabilizava o processo de reciclagem – darão lugar ao papel kraft, que é reciclável e biodegradável. Além disso, os clientes também serão estimulados a levar às lojas seus próprios recipientes para a compra de frutas secas a granel, ajudando a reduzir o uso de sacolas de plástico e caixas de papelão.

 

As mudanças também chegam ao e-commerce. As embalagens usadas para a entrega de produtos alimentares saltarão de quatro para até sete tamanhos diferentes, visando otimizar o uso de materiais. Já para a venda online de itens não alimentares, as embalagens passaram a utilizar mais caixas de papelão – reciclável e biodegradável – e reduziram o uso de flyers de plástico.

 

Planejamento

Todo esse trabalho é fruto de um diagnóstico realizado desde o fim de 2018 com o apoio de uma consultoria especializada. A partir disso, além da substituição das embalagens, o Carrefour também atua na criação de um manual técnico com critérios claros para padronizar o acondicionamento dos produtos tanto para os seus atuais como para os seus futuros fornecedores.

 

Além disso, todos os lançamentos de novos produtos de Marca Própria passaram a ter as embalagens analisadas antes de chegarem às gôndolas. Também foi desenvolvida uma padronização de rotulagem, com o objetivo de aprimorar a comunicação para os clientes sobre a reciclagem de cada embalagem. Um exemplo, já disponível para os consumidores desde o começo de 2019, é a haste flexível da marca Carrefour – 100% biodegradável com cabo de papel, pontas de algodão e embalagem de papelão.

 

A Plataforma de Combate ao Desperdício do Carrefour abrange ainda um amplo programa de reciclagem disponibilizado para os consumidores de toda a rede. São mais de 450 pontos de coleta de logística reversa para recolher materiais como papel, plástico, metal, embalagens tetra pak, pilhas, baterias, cartuchos, toners, lâmpadas, óleo de cozinha usado e medicamentos. O objetivo é oferecer aos clientes alternativas de destinação ambientalmente corretas. A companhia atua ainda na doação de alimentos, gestão sustentável de resíduos, oferta de desconto em produtos próximos da data de vencimento, reembalagem de produtos unitários deixados nas gôndolas para nova comercialização e fabricação de coprodutos a partir de alimentos que seriam descartados.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do Carrefour

 

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

03/12/2019 12:41 - Coca-Cola substitui plástico por papel cartão em multipacks na Europa
27/11/2019 12:47 - Embrapa lança revista da Turma da Mônica sobre consumo sustentável
22/11/2019 15:29 - São Paulo, maior cidade do Brasil, se arma contra os… canudinhos
21/11/2019 13:30 - Comércio de SP recebe bem projeto para proibição de plástico na cidade
21/11/2019 13:26 - Os ensaios em sacolas plásticas
19/11/2019 13:08 - Food in nude: os supermercados da Nova Zelândia que se despediram do plástico
19/11/2019 13:06 - Estudante cria canudos comestíveis
19/11/2019 13:05 - Respondendo a demanda por mais alimentos, carnes sintéticas ganham mercados
18/11/2019 12:49 - Mais sustentável: primeira carne “à base de ar” é criada no mundo
14/11/2019 17:17 - Pesquisa mostra que consumidor busca por embalagens sustentáveis

Veja mais >>>