Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Economia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Economia

05/09/2019 11:48 - Semana do Brasil tem boa adesão entre lojistas

Recém-lançada pelo governo federal, a campanha Semana do Brasil - nova data no calendário do varejo nacional - está tendo boa adesão entre os lojistas gaúchos. A expectativa do setor é de que as vendas da segunda semana do mês de setembro - quando ocorre o evento - inflem em cerca de 6% frente ao mesmo período de 2018. "O comércio ganhou uma data, que deve ajudar a elevar as vendas e os resultados dos lojistas", analisa o presidente do Sindilojas-Porto Alegre, Paulo Kruse. Segundo ele, "as redes estão aderindo em massa" à iniciativa, que pretende movimentar a economia deste mês, antecipando, inclusive, algumas ofertas que tradicionalmente ocorrem durante a Black Friday.

 

"É uma oportunidade para dar uma movimentada no comércio durante a semana da Independência do Brasil", destaca o gerente da unidade de Canoas da rede de móveis e eletroeletrônicos Ponto Frio, Giovani Ribas. Segundo ele, a loja irá aproveitar o período de promoções para "girar o estoque e trocar os produtos de mostruário". Nesse último caso, as mercadorias que saem da vitrine terão descontos de até 70%, ressalta Ribas. "Em contrapartida, iremos colocar produtos novos à venda, com preços bons, buscando aumentar o fluxo de consumidores."

 

A unidade Ponto Frio de Canoas irá abrir as portas uma hora mais cedo no primeiro dia da campanha (que se inicia nesta sexta-feira, dia 6, e segue até o dia 15) e funcionará durante o feriado do dia 7 de Setembro. Entre os produtos em promoção, o público poderá aproveitar para comprar televisores e geladeiras, por exemplo, com o pagamento flexibilizado e 24 vezes sem juros no cartão da loja ou em 10 vezes no caso das bandeiras de cartão de crédito disponíveis no mercado.

 

Também as 90 operações físicas e os canais de e-commerce e atacado da rede Taqi participarão da Semana do Brasil, com descontos em produtos de todos os departamentos das lojas, a exemplo de móveis, eletrodomésticos, áudio/vídeo, mobilidade, material de construção e ferramentas. "Teremos ofertas que serão válidas para todas as unidades, além de ofertas específicas de cada filial, fazendo com que o consumidor consiga encontrar muitas oportunidades em cada canal de venda da rede", comenta o diretor de Negócios da Lojas Taqi, Rogério Knebel. "Nossa expectativa é muito positiva: de bons resultados já para agora, e, nos próximos anos (com a ação se consolidando), o desempenho deve ser cada vez melhor."

 

Segundo o gerente de Marketing da rede de lojas Thitãs, Leandro Leão, a empresa "ainda não tem certeza" se irá participar da campanha. "Mas, caso ocorra, nossa participação irá manter as promoções especiais que a loja já preparou para setembro, incluindo pacotes no estilo 'leve três, pague dois', produtos com preços reduzidos e uma grande parte das mercadorias com descontos de 50%", afirma o gestor.

 

As Óticas Diniz já aderiram à campanha e irão participar da Semana do Brasil com descontos de até 70% em produtos nas suas mais de mil unidades no País. "Sem dúvida, esta é uma excelente oportunidade para nossa clientela ampliar e renovar a coleção de óculos de grau e de sol", defende a gerente de Marketing Luciane Gomes.

 

O presidente do Sindilojas-Porto Alegre observa que muitas ofertas irão girar em torno de mercadorias com os motivos da bandeira do Brasil. "O 7 de setembro é uma data importante, que, há muito tempo (50 anos), não vinha recebendo incentivo do governo federal. Acreditamos que, com esta iniciativa, as vendas do mês de setembro (que é curto, com dois feriados) devem melhorar bastante."

 

Mais de 300 empresas devem integrar a campanha

 

O presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, pondera que, apesar da expectativa de que a Semana do Brasil gere alguma movimentação nos próximos dias, talvez "ainda não seja um diferencial relevante" em 2019. "Até porque houve um intervalo muito curto entre a ideia de fazer e a data em si", justifica. Além disso, o dirigente da entidade aponta que não é garantido que os consumidores tenham se preparado financeiramente para compras nesse momento. "Entretanto, se a campanha virar uma nova tradição nos próximos anos, podemos esperar um incremento bem-vindo nas vendas no mês de setembro." Bohn observa que o varejo levou bastante tempo para firmar a Black Friday no calendário de consumo, e datas como o Dia do Amigo movimentaram as trocas de mensagem no WhatsApp, mas não o varejo. "Até agora, o que sabemos é que mais de 300 empresas e grupos já anunciaram que vão fazer parte da Semana do Brasil, o que é bastante positivo."

 

Fonte: Jornal do Comércio

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

17/09/2019 11:35 - Juros, inflação e crédito criam ambiente favorável para comércio deslanchar
17/09/2019 11:35 - Intenção de realizar compras parceladas e confiança do empresário caem
17/09/2019 11:33 - Vendas do varejo avançam 1,4% em agosto
17/09/2019 11:32 - Consumidores poderão saber o preço dos produtos sem os impostos
17/09/2019 11:31 - Começa hoje sexta reunião do ano do Copom; Selic deve cair 0,5 ponto
17/09/2019 11:30 - Balança comercial registra déficit na segunda semana do mês
17/09/2019 11:30 - Vendas do varejo crescem no começo de setembro com campanha promocional, diz Cielo
17/09/2019 11:29 - Deflação no IGP-10 diminui em setembro puxada por preços de bens
16/09/2019 12:12 - Supermercados são líderes de crescimento na Semana do Brasil, com alta de 15%
16/09/2019 12:09 - Varejo, agora vai?

Veja mais >>>