Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Economia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Economia

29/07/2019 11:45 - Estoque de crédito no Brasil avança 0,4% em junho, puxado por apetite de famílias

O estoque total de crédito do sistema financeiro no Brasil subiu 0,4% em junho sobre maio, a 3,296 trilhões de reais, informou o Banco Central nesta sexta-feira, num movimento puxado pelo apetite das famílias.

 

Enquanto o saldo geral de financiamentos das pessoas físicas subiu 0,6% no período, o das empresas teve alta de apenas 0,1% na mesma base de comparação.

 

No acumulado do primeiro semestre, o estoque geral de crédito avançou 1,2%, apontou o BC. Novamente o avanço de 4,5% do crédito às famílias foi responsável pelo desempenho, já que o crédito às pessoas jurídicas teve baixa de 2,9% de janeiro a junho.

 

“O crédito a pessoas jurídicas tem dois componentes, o crédito livre e direcionado. O livre à pessoa jurídica cresceu no semestre (+1,5%), o direcionado se reduziu (-8,4%)”, destacou o chefe do departamento de Estatísticas do BC, Fernandao Rocha.

 

“Neste caso, o principal impacto é a redução dos saldos do BNDES, que estão sendo substituídos por emissões no mercado de capitais, sejam emissões de debêntures, de instrumentos securitizados ou de outros papéis”, acrescentou.

 

No ano até junho, o estoque de títulos de dívida privados subiu 17%, ao passo que o saldo dos instrumentos securitizados avançou 29,2%, segundo dados do BC.

 

Em 12 meses, a expansão geral do estoque do crédito do sistema financeiro, que não inclui as operações no mercado de capitais, alcançou 5,1%. Para o ano, a expectativa do BC é de avanço de 6,5%, patamar que revisou para baixo em junho ante expectativa anterior de 7,2%.

 

Apesar de a taxa básica de juros, a Selic, seguir na mínima histórica de 6,5% há mais de um ano, com perspectivas de novas quedas a partir na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) da próxima semana, o movimento do crédito ainda não ganhou forte ímpeto, em meio à lentidão econômica e alta taxa de desemprego.

 

CUSTO DO CRÉDITO

 

Em junho, os juros médios recuaram ligeiramente a 38,3% ao ano, sobre 38,5% em maio, dado que considera apenas o segmento de recursos livres, no qual as taxas são definidas livremente pelas instituições financeiras.

 

O spread, que mede a diferença entre a taxa de captação dos bancos e a cobrada a seus clientes, teve alta de 0,4 ponto no mesmo período, a 31,5 pontos percentuais.

 

Por sua vez, a inadimplência em recursos livres caiu 0,1 ponto, a 3,8%, mostrou o BC.

 

Fonte: Reuters

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

21/10/2019 12:02 - Vendas no Dia das Crianças cresceram 6% em relação a 2018
21/10/2019 12:02 - Intenção de consumo das famílias cresce pelo terceiro mês
21/10/2019 12:02 - Pequenos negócios geraram 75% dos empregos formais em setembro
21/10/2019 12:01 - CNI: tributação sobre renda das empresas é uma das mais altas do mundo
21/10/2019 12:00 - Estimativa de inflação cai pela 11ª vez seguida para 3,26%
21/10/2019 11:57 - Expectativa para Selic em 2019 cai a 4,5% com fraqueza de inflação
18/10/2019 15:27 - Governo divulga cronograma de implantação da Lei de Liberdade Econômica
18/10/2019 15:25 - Paim anuncia duas audiências sobre a reforma da Previdência antes da votação
18/10/2019 11:26 - Quase 6 milhões de pessoas saíram da classe média desde 2014
18/10/2019 11:23 - Índice de Confiança do Empresário Industrial fica estável pelo 3º mês

Veja mais >>>