Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Economia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Economia

10/12/2018 13:12 - Consumo: Amigo secreto reduzirá gastos do Natal

Com capacidade de injetar até R$ 5,1 bilhões através da troca de presentes, o tradicional amigo secreto (ou amigo oculto) deve engajar um terço dos consumidores brasileiros no período natalino. Destes, 47% vão participar da brincadeira como estratégia para gastar menos.


A conclusão é de estudo com consumidores das capitais realizado pela CNDL/SPC Brasil. No geral, pouco mais de um terço (34%) dos brasileiros que vão comprar presentes no Natal de 2018 deve participar de ao menos um amigo secreto.


Os que vão ficar de fora desse tipo de evento somam 45%, enquanto 21% ainda não se decidiram. Para quem não pretende participar da confraternização, apenas 11% alegam razões financeiras. A maior parte vai ficar de fora porque não gostam da brincadeira (48%) ou por falta de costume (37%).


Em média, cada entrevistado vai participar de um ou dois amigos secretos, mas 10% devem entrar em três ou mais confraternizações. Os participantes mais citados são familiares (71%) e grupos de convivência, como colegas de trabalho (35%) e amigos (35%).


Neste ano, o gasto médio por presente deve ficar em R$ 59,49. Dessa forma, estima-se que a brincadeira deve injetar aproximadamente R$ 5,1 bilhões na economia com a compra de presentes.


"O amigo secreto é uma excelente forma de economizar e ao mesmo tempo manter viva a tradição de presentear pessoas queridas. Além disso, a confraternização coletiva resolve a obrigação de ter de presentear várias pessoas já que cada um se encarrega de apenas um participante e, no fim, ninguém fica sem presente", afirmou o educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli - que também sugeriu a definição de um teto de gastos voltado para a compra de presentes durante a ocasião.


"O foco deste tipo de brincadeira não é o valor financeiro em si dos presentes, mas a união", lembrou o educador. "Isso estimula as pessoas a usarem a criatividade para presentear sem estourar o custo combinado".


Fonte: DCI

 

 

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

22/01/2019 12:06 - Alta dos alimentos faz inflação das famílias pobres ter aceleração maior em 2018
22/01/2019 12:06 - FMI: economia do Brasil deverá crescer 2,5% em 2019
22/01/2019 12:05 - Em Davos, Bolsonaro afirma querer restaurar confiança no Brasil
21/01/2019 11:27 - Cresce procura por investimentos de maior risco e rentabilidade
21/01/2019 11:26 - Brasil patina na integração à Indústria 4.0, tema do Fórum de Davos deste ano
21/01/2019 11:25 - Em Davos, Bolsonaro defenderá 'refundação da economia brasileira'
21/01/2019 11:24 - PIB cresce 0,3% no trimestre encerrado em novembro de 2018
21/01/2019 11:23 - Mercado prevê inflação de 4,01% e alta de 2,53% no PIB para este ano
18/01/2019 12:03 - Varejo paulistano sobe 3,6% na primeira quinzena do ano
18/01/2019 12:02 - Intenção de consumo cresce 5,1% em janeiro, afirma CNC

Veja mais >>>