Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Economia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Economia

25/10/2018 11:40 - Confiança salta 4 pontos em outubro

São Paulo - Em outubro, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas avançou 4,0 pontos, ao passar de 82,1 pontos para 86,1, retornando a nível próximo a maio deste ano (86,9 pontos). Em médias móveis trimestrais, o resultado também é positivo, chegando a 0,3 pontos percentuais (p.p).

 

“O resultado mostra que, apesar de ainda não ter o resultado das urnas, o consumidor está esperançoso e otimista em relação aos próximos meses. O fim do período eleitoral diminui a incerteza política e gera expectativa de mudanças na condução da política econômica para o início do novo governo. O efeito “lua de mel” é esperado, mas a continuidade desses ganhos na confiança dependerá de ações efetivas do próximo Presidente”, afirma, por meio de nota, a Coordenadora da Sondagem do Consumidor, Viviane Seda Bittencourt.

 

Em outubro, as avaliações sobre a situação atual pioraram e as expectativas em relação aos próximos meses melhoraram. O Índice de Situação Atual (ISA) caiu 0,4 ponto, de 72,3 pontos para 71,9. O Índice de Expectativas (IE) subiu 6,9 pontos, ao passar de 89,7 para 96,6 pontos, o maior nível desde abril deste ano. Em relação à situação econômica geral, o indicador que mede o grau de satisfação com a economia no momento variou 0,3 ponto, para 77,8 pontos. Já o indicador das perspectivas para a situação econômica nos seis meses seguintes avançou 6,1 pontos, chegando a 106,1, o maior nível desde maio de 2018.

 

Em relação às finanças familiares, o indicador que mede a satisfação dos consumidores com a situação financeira no momento recuou 1,1 ponto, para 66,5 pontos, permanecendo em patamar baixo em termos históricos. Enquanto o indicador que mede o otimismo em relação às finanças pessoais nos próximos meses subiu 1,7 ponto, para 93,4 pontos.

 

Houve aumento da confiança em todas as classes de renda, exceto para as famílias com renda entre R$ 4.800 e R$ 9.600. O destaque positivo ocorreu na classe com menor poder aquisitivo (até R$2.100,00 mensais) cujo índice subiu 9,3 pontos, influenciando a alta da confiança no mês. Para esses consumidores há uma expectativa grande de melhora da economia, situação financeira, intenção de compra de bens duráveis e emprego.

 

Fonte: DCI

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

23/08/2019 11:50 - Informalidade do mercado de trabalho limita avanço da produtividade no Brasil
23/08/2019 11:49 - Produção da indústria sobe 9,6 pontos, acima da média histórica
23/08/2019 11:49 - Arrecadação chega a R$ 137,7 bi em julho, melhor resultado desde 2011
23/08/2019 11:48 - Entenda as principais mudanças da MP da Liberdade Econômica
23/08/2019 11:47 - Ministério da Economia reduz gastos para garantir serviços essenciais
23/08/2019 11:45 - Confiança do Comércio cresce 3,2 pontos em agosto
22/08/2019 11:24 - Black Friday do Brasil já tem mais de 300 empresas participantes
22/08/2019 11:23 - Confiança do consumidor sobe, mas ainda há cautela para gastar
22/08/2019 11:22 - Prévia da inflação fica em 0,08% em agosto, aponta IBGE
22/08/2019 11:21 - Expectativa dos consumidores para inflação anual cai em agosto

Veja mais >>>