Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Economia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Economia

13/09/2017 13:21 - Varejo alimentar amortece retração no comércio

São Paulo - A alta de 0,7% nas vendas no setor de hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo foi a principal responsável para o que varejo ampliado apresentasse estabilidade em julho ante a junho, segundo indicador do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE).

 

O resultado, que se somou ao aumento nas vendas nos itens de material de construção (+0,9%), amorteceu o tombo em segmentos como a venda de combustíveis e lubrificantes (-1,6%) e farmácias e drogarias (-0,4%).

 

"O varejo responde por 45% do volume de vendas no varejo como um todo, então uma alta de 0,7% sustenta outros segmentos, menos importantes, que encolherem no sétimo mês do ano", resume a professora de macro economia da FMU, Solange Costa.

 

O avanço, no entanto, não foi o bastante para equalizar as perdas do setor na soma do ano, quem em julho ficou em -0,5%. Em doze meses, a retração do setor é 1,7%. "Com esse crescimento ainda muito moderado, o setor precisará de mais alguns meses para recuperar as perdas de um ano", completa Solange.

 

Muito longe do topo

 

Apesar do resultado nulo em julho, o caminho para o varejo como um todo voltar aos patamares do final de 2014 ainda é longo. Hoje, o segmento ampliado (que envolve material de construção e venda de peças e automóveis) se encontra 8,7% abaixo do resultado de novembro de 2014, quando o setor atingiu um recorde de volume de vendas. "Falta muito para atingirmos o nível de 2014, o que vai depender do ritmo de retomada do setor nos próximos dois anos" comenta o presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), Alencar Burti.

 

Burti ressalta ainda que o a queda da inflação é o principal impulsionador do comércio, e que se o País continuar com apresentando queda nos preços ao consumidor, a tendência é de melhora mês a mês.

 

A melhora do ambiente varejista pode ser notado na análise interanual. A Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), do IBGE, aponta que, após três meses seguidos de aumento, o varejo acumulou ganho de 2,2%, o que reflete um trimestre melhor do que os registrados nos últimos dois anos.

 

No confronto com julho de 2016, na série sem ajuste sazonal, o volume de vendas avançou 3,1%, acumulando variação de 0,3% nos sete primeiros meses de 2017. Segundo a gerente da pesquisa do IBGE, Isabella Nunes, o avanço interanual se deu em todas as categorias, o que sinaliza um ambiente menos hostil para vendas neste ano.

 

Segundo a especialista, os destaques na formação da taxa global, foram Tecidos, vestuário e calçados (15,5%); Móveis e eletrodomésticos (12,7%) e Outros artigos de uso pessoal e doméstico (4,0%).

 

O único recuo em julho, no entanto, foi em Combustíveis e lubrificantes (-0,9%). "Isso está diretamente ligado ao aumento do imposto no combustível e a alta no preço ao consumi dor", diz Solange, da FMU.

 

 

Fonte: DCI São Paulo

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

25/09/2017 11:28 - Preços dos alimentos oscilam em São Paulo
25/09/2017 11:27 - Indicadores favorecem o comércio
25/09/2017 11:20 - Confiança do cliente tem leve alta após três quedas
25/09/2017 11:20 - Oferta de vagas de fim de ano volta a crescer
25/09/2017 11:18 - Alta do PIB de 2017 sobe de 0,60% para 0,68%, prevê Focus
22/09/2017 10:47 - Custo de produção registra inflação de 0,17% em agosto
22/09/2017 10:22 - Confiança do consumidor sobe 1,4 ponto em setembro ante agosto, revela FGV
22/09/2017 10:16 - Inflação menor reforça queda da Selic para 7% no fim do ano
22/09/2017 10:15 - Meirelles afirma que investidor quer entender melhor a recuperação do Brasil
22/09/2017 10:13 - Brasil abre 35.457 vagas formais de trabalho em agosto, no azul pelo quinto mês seguido

Veja mais >>>