Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Economia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Economia

10/08/2017 12:24 - 'Caminho para ajuste fiscal é corte nas estatais'

O presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, afirmou ontem que o caminho para o ajuste das contas públicas é o corte de despesas estatais.

 

Ao participar da abertura do Encontro Nacional de Comércio Exterior, disse que "o tempo está esgotado para que o Brasil faça reformas que permitam que a máquina pública caiba no PIB [Produto Interno Bruto]".

 

"Tempo esgotado para a nossa incompetência para fazer as reformas tributária e da Previdência, mal uma reforma trabalhista e, principalmente, tempo esgotado para a nossa incapacidade de fazer o custo do sistema da máquina pública caber no PIB dos brasileiros. Precisamos assumir o que não fazemos certo e partir para o conserto. Espero que o Brasil sobre para nós. O Brasil é melhor do que as nossas neuroses coletivas. O Brasil precisa levantar-se", aclamou.

 

Castro disse que para o fim do mês está previsto o lançamento do Progeren, programa de capital de giro do BNDES, automático para empresas, que será viabilizado em conjunto com o Banco do Brasil (BB) e a Caixa Econômica Federal. O programa oferece incentivo para o aumento da produção doméstica. O lançamento deve ser feito pelo Ministério do Planejamento.

 

O presidente do banco comentou que as indústrias brasileiras de produção e de serviços foram as principais vítimas de um "morticínio econômico", "causado inclusive pela confluência de mal feitos, que acabaram por jogar o bebê fora, junto com a água suja".

 

"O Brasil não pode esperar que a toga resolva a questão judicial enquanto falece, enquanto fenece o Brasil produtivo", disse.

Para ele, a recuperação mais vigorosa da economia brasileira tem que passar obrigatoriamente pelo corte de despesas do governo e não pelo aumento de impostos.

 

A declaração veio um dia após o presidente Michel Temer e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, terem confirmado estudos para elevação do Imposto de Renda, para horas depois, diante da repercussão negativa, a Presidência negar, em nota, que será apresentada uma proposta de elevação do tributo.

 

Rabello de Castro afirmou também que, no caso do próprio banco de fomento, este se prepara internamente para ganhar musculatura e poder fazer uma captação externa de ao menos R$ 5 bilhões no ano que vem, o equivalente a cerca de US$ 1,5 bilhão. /Agências

 

Fonte: DCI São Paulo

 

 

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

20/10/2017 15:15 - Consuper começa no dia 23 de outubro em João Pessoa
20/10/2017 11:30 - Investimentos no Brasil ficam estáveis em agosto
20/10/2017 11:30 - Varejo agora é dinâmico e personalizado
20/10/2017 11:28 - Vendas do varejo na capital paulista sobem 1,5%
20/10/2017 11:26 - Consumo consciente crescerá depois da crise
20/10/2017 11:26 - IGP-M desacelera alta a 0,30% na 2ª prévia de outubro por preços no atacado, diz FGV
20/10/2017 11:25 - Investimento cresce após 14 quedas consecutivas
20/10/2017 11:24 - IPCA-15 sobe 0,34% em outubro, diz IBGE
19/10/2017 10:59 - Comércio de São Paulo prevê aumento de 5% a 10% na contratação de temporários
19/10/2017 10:58 - Arrecadação cresce dois meses seguidos e governo planeja gastar mais este ano

Veja mais >>>