Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Carnes / Peixes

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Carnes / Peixes

21/09/2018 11:16 - Negócio facilita processo de venda de animais

Os produtores de gado enxergam os leilões como a modalidade de negócio mais prática para vender animais. A exposição é feita simultaneamente para vários compradores, facilitando assim a venda.

 

A criação de gado é um comércio e, como não existem lojas para esse tipo de negócio, o leilão acaba sendo uma boa alternativa. “O leilão é uma ferramenta de divulgação da marca. É uma forma de concentrar e organizar as vendas de gado”, explicou o gerente geral do Nelore Di Genio, Antônio Aurico.

 

Além disso, a usual concorrência entre os compradores faz com que os negócios fechados no leilão sejam mais satisfatórios do que em uma negociação direta entre vendedor e interessado.

 

A internet e a televisão, então, fizeram da prática algo ainda mais fácil. De acordo com Aurico, o leilão virtual permite a reunião de um público maior e é uma atividade mais barata. “Quando você tem um volume grande, não é possível levar todos os animais para o mesmo recinto, porque fica muito caro. No leilão virtual, você filma os animais, monta os lotes e coloca nos canais de leilão o que você está oferecendo”, comentou.

 

Os lotes são inspecionados e revisados por um especialista, que detalha as características do grupo. Então, todos os dados vão para o sistema. Os interessados podem se programar para as sessões, porque os horários para os leilões são determinados antecipadamente.

 

Por também já serem pré-estabelecidos, os preços não sofrem muita alteração em relação à negociação direta. A maior vantagem do virtual é ter acesso às informações do animal sem precisar se locomover até a fazenda ou um evento. Com isso, todas as regiões do Brasil podem participar dos leilões, não somente as regiões das criações.

 

Tipos de leilão

 

Segundo o gerente geral do Nelore Di Genio, há duas categorias principais do leilão de gado: corte e reprodutores.

 

O leilão de corte oferece animais para abate. As raças de boi mais comuns no país são nelore, brahman e gir, sendo a primeira a mais frequente. Os três se adaptaram muito bem ao clima brasileiro e produzem carne de muita qualidade. O gir também é conhecido pela sua capacidade leiteira.

 

O leilão de reprodutores é composto por touros, principalmente os consagrados, e fêmeas. Os criadores de gado procuram nesse negócio uma forma de enriquecer e melhorar a genética do rebanho.

 

O gerente afirmou que, normalmente, as pessoas que participam dos leilões são aquelas que possuem mais fêmeas e precisam de reprodutores para melhorar o gado. “Normalmente, os leilões dos touros acontecem entre os meses de abril e setembro, antes da estação de monta, que é de novembro a fevereiro”, explicou Antônio Aurico.

 

A estação de monta é uma prática importante para a criação de gado, por ser o período do ano em que ocorre a exposição, aos machos, das fêmeas que estão em reprodução.

 

Valores

 

O principal touro nelore da Fazenda Di Genio, chamado Landau (foto), foi vendido no mês de maio, durante a ExpoZebu 2018. Metade de sua posse foi adquirida por R$ 1,2 milhões.

 

O animal de cinco anos e 962 quilos foi valorizado em mais de R$ 2,5 milhões. O reprodutor, por ser de raça e muito produtivo, alcançou valores muito altos. No entanto, é possível recuperar o investimento com a reprodução das crias.

 

“Com apenas 30 meses de comercialização de sêmen, o Landau mantém uma média de 61% de prenhez, testado em 20 fazendas de oito regiões. Isso prova que ele é um reprodutor de uso em larga escala”, assegurou Antônio Aurico.

 

Fonte: DCI

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

19/11/2018 11:35 - Desempenho do frango vivo na 3ª semana de novembro
14/11/2018 12:00 - Abate de bovinos no Brasil sobe 3,6% no 3º tri, com exportação, diz IBGE
12/11/2018 11:44 - Desempenho do frango vivo no primeiro decêndio de novembro
09/11/2018 11:58 - Tereza Cristina: setor de carnes está preocupado com posição sobre países árabes
08/11/2018 14:47 - Suínos: Início de mês e retomada das compras russas impulsionam preços
08/11/2018 14:46 - Frango vivo em SP: queda de preço surpreende produtores
07/11/2018 11:47 - Carne de aves: tendências mundiais em 2018 segundo a FAO
05/11/2018 11:44 - A alta de preço da carne bovina não durou muito no atacado
01/11/2018 14:26 - Mercado do suíno pressionado
01/11/2018 14:25 - Carne bovina com preços sustentados no varejo

Veja mais >>>