Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Bebidas

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Bebidas

11/01/2018 11:09 - Mercado de bebidas com apelo saudável avança

O mercado estima que o segmento de bebidas com apelo funcional e de saudabilidade cresça em torno de 15% em 2018. A perspectiva de melhora da economia e o potencial desse nicho de negócio devem impulsionar as vendas.

 

“Nos últimos dois anos, o mercado esteve mais focado em itens de necessidade básica, mas desde o final de 2017 percebemos que há mais espaço para outros produtos no varejo”, afirma o gerente de vendas da Superbom, Ivan Souza.

 

Ele acredita que as vendas de bebidas funcionais da empresa devem acompanhar o aumento de 15% projetado para o mercado.

 

A companhia ingressou no segmento em 2016, com o lançamento da linha de sucos fit, com calorias reduzidas e quatro sabores, e no ano seguinte ampliou a aposta nesse nicho ao lançar um suco com frutas “antioxidantes”: cranberry, blueberry e romã. O tradicional suco de uva integral tinto também se encaixa na categoria, na avaliação de Souza, devido ao resveratrol, substância antioxidante característica da fruta. Para ele, a participação de empresas nacionais tem crescido no segmento, reduzindo a presença das estrangeiras no mercado.

 

De acordo com a Euromonitor, o segmento de bebidas funcionais – incluindo aquelas que promovem algum tipo de benefício à saúde – movimentou R$ 7,3 bilhões em 2016 e deve faturar R$ 7,9 bilhões neste ano. Os dados de 2017 ainda não foram consolidados, mas a expectativa é de um crescimento de 6,9%, para R$ 7,8 bilhões. Em 2022, o faturamento deve alcançar R$ 8,8 bilhões neste mercado.

 

Oferta nacional

 

Entre as empresas brasileiras focadas no segmento também está a WNutritional. Criada em 2013, a companhia prevê um faturamento de R$ 9 milhões neste ano, três vezes acima do resultado obtido em 2017.

 

“A categoria de bebidas funcionais têm crescido 20% em média ao ano, devido ao interesse do consumidor em produtos mais saudáveis, inclusive para o consumo infantil”, afirma o CEO da WNutritional, Daniel Feferbaum.

 

Ele deixou de trabalhar com a fabricação de móveis para investir no segmento após passar uma temporada de estudos nos EUA. Segundo ele, o interesse do público por esse tipo de produto historicamente se manteve em nichos específicos mas, ainda assim, as vendas dobraram de volume em 2017.

 

“Mas nos últimos três meses, começamos a sentir uma receptividade maior do consumidor em geral”, esclarece. Para ele, o foco em saudabilidade já não é mais interesse exclusivo de um nicho, mas crescente entre os consumidores que não consomem esse tipo de produto. “Isso fica claro quando companhias de grande porte começam a investir nesse segmento, como mostra a aquisição da marca de produtos naturais Mãe Terra pela Unilever, no ano passado.”

 

Além da ampliação do público interessado em bebidas funcionais, Feferbaum destaca o recente começo das vendas dos produtos da empresa no Rio de Janeiro e a entrada no mercado mineiro ao longo do ano como estímulos para a multiplicação das vendas.

 

“Também vamos lançar novos produtos na categoria de orgânicos, como chás, por exemplo, e ampliar a distribuição e o alcance em pontos de venda”, relata o executivo.

 

O CEO da WNutritional também espera dobrar as exportações, que representaram no ano passado 30% das vendas da empresa, e têm como foco Estados Unidos, onde a empresa tem filial, e o Panamá.

 

 

Fonte: DCI São Paulo

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

14/03/2018 11:01 - Vinhos: vendas no mercado interno sobem 5,67% em 2017, a 363,18 milhões de litros
07/03/2018 11:39 - Cervejarias avançam pouco, mas artesanais ganham espaço
02/03/2018 12:10 - Despesa da Ambev com juros deve continuar caindo ao longo de 2018, diz CFO
28/02/2018 14:09 - Rótulos de bebidas alcoólicas poderão ter que informar quantidade de calorias
14/02/2018 11:28 - Lucro líquido da Heineken avança 25% em 2017, para 1,94 bilhão de euros
11/01/2018 11:12 - Vinho: produção no Brasil cresceu 169%
10/01/2018 10:53 - Mercado de cerveja deve crescer com recuperação econômica, diz banco
03/01/2018 11:34 - Cresce produção de artesanal em Minas
29/12/2017 12:24 - Ambev lança em janeiro leite feito a partir do coco
19/12/2017 10:47 - Ambev e Coca-Cola firmam parceria em programa de reciclagem

Veja mais >>>