Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Bebidas

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Bebidas

13/08/2014 14:13 - Vinno compra fatia de 30% da En Primeur

Por Cibelle Bouças | De São Paulo



A Vinno, companhia brasileira de vendas on-line de vinhos, comprou participação de 30% no capital da importadora brasileira de vinhos En Primeur. A aquisição, feita com investimento em recursos próprios de R$ 1 milhão, faz parte dos planos da companhia para dobrar a oferta de bebidas e reduzir preços, disse Gustavo Wotte, sócio-fundador da Vinno.

A importador En Primeur existe no mercado há três anos e distribui bebidas para sites, restaurantes, casas de vinhos e outros estabelecimentos. O aporte de R$ 1 milhão, segundo a companhia, será usado para ampliar a escala de operação.

Para a Vinno, a operação permitirá dobrar o tamanho do portfólio de vinhos, para 400 rótulos, incluindo 40 rótulos internacionais distribuídos com exclusividade pelo site. O executivo também disse que a compra diretamente da importadora permitirá oferecer aos consumidores preços de 20% a 30% mais baixos que o valor praticado no mercado. "Outros sites fazem a compra de vinhos importados por meio de distribuidores, o que encarece o preço final dos produtos", disse Wotte.

A maior concorrente do segmento, a Wine.com.br, também faz importação direta de bebidas. Recentemente, a companhia comprou a HaveaNiceBeer.com.br, loja virtual com operação na América Latina. A empresa também prepara-se para fazer a venda de máquinas e café em cápsula, disse Ricardo Flores, diretor de marketing da Wine.com.br. A Wine prevê dobrar a receita neste ano, para R$ 240 milhões.

A Vinno, por sua vez, prevê gerar receita de R$ 1 milhão neste ano, ampliando para R$ 5 milhões em 2015. A companhia possui um escritório comercial em São Paulo e duas adegas para estocagem de 260 mil garrafas, em São Paulo e São Caetano do Sul (SP). O executivo disse que a Vinno ainda estuda fazer outras aquisições.

Alcançar esse ritmo de crescimento será uma tarefa árdua. De acordo com Adilson Carvalhal Junior, presidente da Associação Brasileira dos Importadores e Exportadores de Bebidas e Alimentos (ABBA), o mercado de vinhos no Brasil está estagnado neste ano em produção e vendas. A realização da Copa do Mundo da Fifa no Brasil, segundo ele, dificultou as vendas de vinhos no período de inverno.

No primeiro semestre, segundo o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), as vendas totais de vinhos de mesa, finos e espumantes teve queda de 5,98% ante o mesmo período do ano passado, para 109,6 milhões de litros. As vendas de vinhos importados, por sua vez, cresceu 14,1% no período, para 31,3 milhões de litros.



Veículo: Valor Econômico

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

23/03/2017 15:24 - Ano começa com alta nas vendas de cerveja
17/03/2017 11:25 - Concorrentes da Heineken vão ao Cade
16/03/2017 11:49 - Exportação de suco recua 16% no acumulado da safra 2016/17
07/03/2017 12:46 - Mercado de cervejas encolhe e eleva pressão sobre as gigantes do setor
20/02/2017 13:19 - ‘Brasil será maior mercado da Heineken’
16/02/2017 10:50 - Heineken, nova dona da Schin, tem queda nas vendas no Brasil em 2016
14/02/2017 13:21 - Heineken compra dona das cervejas Schin e Devassa
14/02/2017 13:20 - Pequenas fábricas de bebidas ficam fora da briga por preços
14/02/2017 13:19 - Setor de refrigerantes perde espaço no País
14/02/2017 10:49 - Estoque físico de suco tem baixa de 32% em 2016

Veja mais >>>