Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Bebidas

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Bebidas

07/04/2014 12:05 - Setor de vinhos comemora período positivo

Os vinhos, devido à diversidade de tipos e fácil harmonização, se tornaram elementos indispensáveis em qualquer almoço de Páscoa. Por isso, os estabelecimentos especializados no comércio da bebida investem na importação de novos rótulos, promoções e em um atendimento mais qualificado para atrair o consumidor e alavancar as vendas durante as semanas que antecedem a celebração, período considerado como um dos mais rentáveis do ano, atrás somente do Dia dos Pais e Natal.

Nas gôndolas das 15 unidades do supermercado Super Nosso já é possível encontrar 30 novos rótulos importados da Argentina, Chile, Portugal e Uruguai. Segundo o gerente de importação da rede, Jean Charles Godard, vão ser oferecidas degustações daqueles tipos que mais combinam com a ocasião. Além disso, os clientes podem contar com ajuda profissional para escolher o vinho que melhor harmoniza com os pratos tradicionalmente servidos. Cada loja conta com, no mínimo, dois sommeliers.

Neste ano, o Super Nosso estima crescimento de 20% das vendas em relação a 2013. Segundo Godard, a projeção está embasada na oferta de maior diversidade, ampliação do número de lojas e mudanças no comportamento do brasileiro, que consome um volume cada vez maior de vinho. O gerente ainda salienta que, neste período, os mais demandados são os portugueses, uma vez que eles são ideais para comer com diferentes versões do bacalhau.

A Casa Rio Verde, com seis unidades em Belo Horizonte, também é otimista e estima variação positiva de 15% em 2014 sobre o desempenho do exercício anterior. Para atrair o consumidor e concretizar a previsão, a empresa realiza promoções, que concedem descontos entre 5% e 20% para vinhos especialmente selecionados. Conforme a gerente geral, Renata Andrade, os mais vendidos devem ser os brancos, sobretudo os mais leves e complexos, sem a presença acentuada de madeira.

A Casa do Whisky, com showroom no bairro Santo Agostinho (região Centro-Sul), aposta nas cestas, que combinam os vinhos com chocolates e biscoitos belgas, e estojos incluindo entre duas e três variações da bebida. Como a ação é inédita, o estabelecimento considera prematuro estimar metas de aumento de vendas. De acordo com a consultora, Patrícia Nunes Corrêa, os preferidos dos clientes às vésperas da Semana Santa costumam ser os portugueses e os italianos "mais encorpados". Ela emenda que a maioria busca os tintos considerados "uma tacada mais certa".

A Enoteca Decanter, que fica na região da Savassi, elaborou um material de divulgação, no qual o cliente encontra informações sobre como harmonizar vinhos e alguns pratos. A partir deste sábado (05/04), o local, que oferece um menu de degustação com quatro pratos e vinhos diferentes, passa a incluir uma receita relacionada à Semana Santa. O gerente sommelier, Gustavo Giacchero, acredita que as vendas devem avançar entre 10% e 15% na comparação com o último ano. Na enoteca, o movimento geralmente se intensifica nas duas semanas anteriores à data.

A proprietária da Casa do Vinho - Família Martini, Luiza Martini, explica que um dos pratos mais consumidos na Páscoa, o bacalhau, tem uma harmonização controversa, mas aceita vinhos bracos, roses e tintos. "A minha preferência é pelos brancos encorpados e com passagem pela madeira", explica Luiza. Mas quem prefere os tintos têm a ajuda de especialistas na loja. O sócio André Martini completa: "Observamos que para a Semana Santa, o incremento das vendas se dá para os vinhos brancos, que combinam muito com os peixes. Os clientes trocam o vinho tinto pelo branco. As vendas se aquecem principalmente quando se aproxima a celebração. Na semana de antecedência, temos cerca de 25% a mais de vendas dos vinhos brancos".

O diVino Empório terá a sua primeira Páscoa em 2014. Mas o sócio Magnus Piacenza, que é do ramo de vinhos há 18 anos, já sabe como é o movimento nesta época. "A Semana Santa é uma ótima época do ano para vendas de vinhos, que traz um aumento considerável nas vendas. A Páscoa combina com vinhos, as reuniões familiares dessa época combinam com vinhos. Esperamos vender o dobro de vinhos na semana da Páscoa".



Veículo: Diário do Comércio - MG

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

23/03/2017 15:24 - Ano começa com alta nas vendas de cerveja
17/03/2017 11:25 - Concorrentes da Heineken vão ao Cade
16/03/2017 11:49 - Exportação de suco recua 16% no acumulado da safra 2016/17
07/03/2017 12:46 - Mercado de cervejas encolhe e eleva pressão sobre as gigantes do setor
20/02/2017 13:19 - ‘Brasil será maior mercado da Heineken’
16/02/2017 10:50 - Heineken, nova dona da Schin, tem queda nas vendas no Brasil em 2016
14/02/2017 13:21 - Heineken compra dona das cervejas Schin e Devassa
14/02/2017 13:20 - Pequenas fábricas de bebidas ficam fora da briga por preços
14/02/2017 13:19 - Setor de refrigerantes perde espaço no País
14/02/2017 10:49 - Estoque físico de suco tem baixa de 32% em 2016

Veja mais >>>