Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Bebidas

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Bebidas

01/02/2013 15:41 - Primeira edição do Projeto Conhecendo os Vinhos do Brasil recebe mais de 150 participantes

Por Roberto Nunes

 

Vinhoconhecendoabertura   Vinhoconhecendoplateia  
       
O projeto Conhecendo os Vinhos do Brasil começou com um jantar na quinta-feira (31), em Bento Gonçalves (RS), com a presença de cerca de 100 empresas, entre vinícolas, importadores e varejistas. O evento faz parte de uma série de ações que será realizada nos próximos anos para fomentar o consumo do vinho fino brasileiro, fruto de uma parceria entre a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Associação Brasileira de Exportadores e Importadores de Alimentos e Bebidas (ABBA) e a Associação Brasileira de Bebidas (Abrabe).

 

No total, 150 profissionais estão participando do evento com a proposta de divulgar e conhecer o produto brasileiro. A união entre os diversos elos que integram a cadeia de vinhos nacional visa dobrar o consumo de vinho fino brasileiro até 2016, passando dos atuais 19 milhões de litros consumidos ao ano para 40 milhões de litros.

 

A programação do evento foi retomada na manhã de sexta-feira. O presidente do Conselho Deliberativo do Ibravin, Alceu Dalle Molle, reiterou em seu discurso que o dia 19 de outubro de 2012 é uma data histórica para o setor - momento em que houve o acordo entre as partes em prol do desenvolvimento do mercado vitivinícola. "A meta de duplicar o consumo consciente de vinhos no Brasil só será possível com a união entre todos que integram esse segmento", pontuou.

 

Na sequência, o presidente da Abras, Fernando Yamada, também destacou a importância desta integração e o papel que a entidade terá junto ao autosserviço brasileiro para estimular as vendas do produto nacional. "Com a ajuda nas nossas representações estaduais certamente contribuiremos com o sucesso desta iniciativa", observa Yamada.

 

Semelhante visão otimista foi compartilhada pelo presidente do Conselho Deliberativo da ABBA, Adilson Carvalhal Júnior. Para ele, parcerias como essas são fundamentais para fortalecer qualquer setor da economia brasileira. "Esse acordo será fundamental para gerar uma postura mais colaborativa entre os elos deste mercado. Estamos dando um grande passo para o futuro", completa.

 

Também presente à mesa, o presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Cesa Longo, observou que o setor supermercadista é o grande canal de vendas e de distribuição de vinhos, sendo muito importante uma maior sinergia entre os produtores e o autosserviço. "Diversos países estão investindo bastante em seu mercado vinícola, o que mostra a competitividade, potencial e relevância deste mercado. Quando a parceria entre varejo e produtores brasileiros se fortalecer, com certeza o nosso setor ficará cada vez mais forte."



Intercâmbio de ideias em prol do vinho

 

Após os discursos de abertura, os participantes que vieram até Bento Gonçalves (RS) prestigiar o primeiro encontro do Projeto Conhecendo os Vinhos do Brasil puderam conferir uma apresentação institucional da vitivinicultura brasileira, proferida pelo pesquisador da Embrapa Uva e Vinhos, José Fernando da Silva Protas.

Em sua explanação, o especialista mostrou todas as praças brasileiras produtoras de vinho de mesa e fino, apresentando suas características, iniciativas, particularidades, desafios e curiosidades. A viagem começou na Região Nordeste, no Vale do São Francisco, polo que vem se destacando neste mercado e que, nos últimos anos, deu importantes passos em termos de tecnologia e de gestão.

De lá, Protas falou das produções oriundas do Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, onde apresentou regiões que devem passar a ter indicação demográfica em breve e também falou sobre a Serra do Sudeste, área que está se tornando o novo polo vitivinícola do estado. Por fim, o pesquisados da Embrapa apresentou alguns números do setor.



Apresentação da Abras

A etapa seguinte ficou por conta da Associação Brasileira de Supermercados (Abras). O presidente da entidade, Fernando Yamada, iniciou a sua apresentação falando um pouco sobre a história da própria Abras e a sua missão de representar, defender, apoiar e capacitar os supermercadistas.

Em seguida, Yamada apresentou alguns números do setor, como faturamento em 2012 (R$ 249 bilhões), quantidade de lojas espalhadas pelo país (83,6 mil), o total de empregos gerados pelo autosserviço (989 mil funcionários), dentre outros dados. O presidente da Abras também revelou expectativas para o futuro. Segundo ele, o setor deve crescer 3,5% neste ano e movimentar R$ 271 bilhões. Para 2014, esta cifra deverá girar em torno de R$ 295 bilhões. As previsões em questão foram calculadas com base na massa salarial e nos índices de desemprego.

Na sequência, Yamada também compartilhou alguns anseios do setor supermercadistas, especialmente em relação às desonerações de folha de pagamento, da cesta básica, da energia elétrica e das carnes, bem como questões relacionadas ao ponto eletrônico, seguro desemprego e multa do FGTS.

"Temos que construir esse trabalho de fomento ao vinho juntos", observou no encerramento de sua explanação. "Penso que vinho fino pode chegar a um bom nível de ativação no autosserviço, onde o próprio cliente vai voluntariamente atrás do produto, assim como ocorreu com os iogurtes e sucos prontos. Acredito que até 2016 conseguiremos mudar a cultura em relação à bebida."

O vice-presidente da Abras, Marcio Milan, também foi um dos palestrantes do evento. Ele, que esteve desde o início envolvido com o acordo de promoção do vinho fino nacional, contou brevemente os desafios iniciais para a formatação desta parceria, superada pelo respeito mútuo entre as partes e pela vontade de todos em fortalecer o mercado brasileiro de vinhos.

Em seguida, Milan apresentou diversos números do setor e reiterou a meta deste projeto em dobrar o consumo de vinho fino no Brasil, passando dos atuais 19 milhões de litros para 40 milhões até 2016. A proposta também é elevar o consumo per capta de 1,9 litros para 2,5 litros. "Cerca de 25 milhões de pessoas entram no autosserviço diariamente. Então, temos condições de levar o vinho até os clientes. Para isso, a arma mais preciosa que temos é a divulgação", ressaltou Milan.


Os desafios do vinho

Ao final, o presidente do Conselho Deliberativo da ABBA, Adilson Carvalhal Júnior, pontuou que o setor de vinhos tem se desenvolvido nos últimos anos, em especial do Rio Grande do Sul, onde em 10 anos houve um aumento de 70% na quantidade de vinícolas.

Além disso, Júnior também transcorreu sobre alguns desafios que o setor tem pela frente, como retomar a escolha do vinho nas refeições, alcançar o novo consumidor que ascende de classe social, trabalhar os jovens consumidores, crescer com a diversidade de rótulos e trazer o vinho do consumo de luxo para o casual. "A comunicação no ponto de venda tem que ser repensada. Ela tem que ajudar o cliente na escolha, já que a variedade de rótulos é muito grande."


Interatividade marca o Projeto Conhecendo os Vinhos do Brasil

Degustardois   Degustartres
     
 Degustarseis    Degustarsete

Depois de muitas trocas de ideias, números e informações, chegou o momento de os participantes conhecerem, literalmente, diversas opções de vinhos brasileiros. Um circuito com 51 vinícolas gaúchas foi montado no Hotel & Spa do Vinho, local que está abrigando o primeiro encontro do Projeto Conhecendo os Vinhos do Brasil, para que supermercadistas e importadores pudessem degustar novas opções do produto brasileiro. No local, foi exposta uma grande variedade de vinhos tinto, branco e espumantes.

No final do dia, os participantes ainda conhecerão uma das lojas da Rede Apolo de Supermercados, também localizada em Bento Gonçalves (RS), que está ambientada com a campanha "No verão, vá de Vinho Branco" - outra iniciativa proporcionada pelo acordo entre a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Associação Brasileira de Exportadores e Importadores de Alimentos e Bebidas (ABBA) e a Associação Brasileira de Bebidas (Abrabe).

 

Roberto Nunes é repórter da Revista SuperHiper, publicação Abras.

 

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

23/03/2017 15:24 - Ano começa com alta nas vendas de cerveja
17/03/2017 11:25 - Concorrentes da Heineken vão ao Cade
16/03/2017 11:49 - Exportação de suco recua 16% no acumulado da safra 2016/17
07/03/2017 12:46 - Mercado de cervejas encolhe e eleva pressão sobre as gigantes do setor
20/02/2017 13:19 - ‘Brasil será maior mercado da Heineken’
16/02/2017 10:50 - Heineken, nova dona da Schin, tem queda nas vendas no Brasil em 2016
14/02/2017 13:21 - Heineken compra dona das cervejas Schin e Devassa
14/02/2017 13:20 - Pequenas fábricas de bebidas ficam fora da briga por preços
14/02/2017 13:19 - Setor de refrigerantes perde espaço no País
14/02/2017 10:49 - Estoque físico de suco tem baixa de 32% em 2016

Veja mais >>>