Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Geral

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Geral

28/01/2019 11:15 - Brasil deve embarcar mais milho que soja em janeiro pela 1ª vez em um ano

O Brasil deverá exportar em janeiro mais milho que soja pela primeira vez em um ano, embora as vendas da oleaginosa ainda se mantenham em patamares elevados, podendo fechar o mês com volume recorde para o período, conforme dados do governo e de agendamento de navios compilados pela agência Reuters.

 

A exportação de milho no Brasil geralmente tem maior protagonismo no segundo semestre de cada ano, dada a colheita da “safrinha” e a entressafra de soja.

 

Em 2017, por exemplo, o cereal “venceu” a oleaginosa de setembro até dezembro. Mas, ao longo de 2018, os exportadores impulsionaram as vendas de soja na esteira de uma colheita recorde e um forte apetite da China diante da guerra comercial com os EUA.

 

A inversão de janeiro, contudo, tende a mudar já no próximo mês, já que os trabalhos de campo estão adiantados com a soja, puxando a oferta para embarques, dizem analistas.

 

Avanço

 

Conforme a Secretaria de Comércio Exterior (Secex), até a terceira semana de janeiro a exportação de milho somou 2,80 milhões de toneladas, e mais 740,50 mil toneladas são esperadas até o fim do mês, tendo por base dados da agência marítima Williams.

 

Assim, seriam enviados ao exterior em torno de 3,55 milhões de toneladas do cereal. Quanto à soja, a exportação nas três primeiras semanas de janeiro foi de 1,34 milhão de toneladas, com mais 1,21 milhão agendadas até 31 de janeiro, o que leva a um provável volume de quase cerca de 2,5 milhões de toneladas em embarques totais.

 

Caso se confirme, será a primeira vez que as vendas externas mensais de milho superam as de soja desde janeiro de 2018, quando foram enviados ao exterior 3 milhões e 1,56 milhões de toneladas de cada commodity, respectivamente.

 

Os 2,5 milhões de toneladas de soja seriam, aliás, uma quantidade recorde para o mês, conforme a série histórica da Secex com início em 2006. “O ano de 2018 teve como prioridade a exportação de soja. A janela do milho foi sendo empurrada. Janeiro deve vir com um volume alto [de embarque de milho]. A partir de fevereiro já deve voltar a chave para soja, até pela questão de liquidez”, disse o analista Victor Ikeda, do Rabobank.

 

A retomada dos embarques da oleaginosa do Brasil a um ritmo mais forte é bastante aguardada no exterior, afirmam analistas.

 

Fonte: DCI

 

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

21/10/2019 12:12 - GPA marca data para proposta à Exito, em tentativa do Casino de simplificar suas holdings
21/10/2019 12:08 - Produtos naturais a granel são as ‘novas apostas’ do comércio
21/10/2019 12:04 - Menos leais, consumidores querem que marcas "façam a coisa certa"
18/10/2019 12:01 - Mudança de hábito: brasileiro prefere alimentos mais naturais
18/10/2019 11:57 - Consumidor busca por varejos com marcas mais sustentáveis, diz estudo
17/10/2019 11:21 - Menos de 5% dos brasileiros são leais no consumo, revela pesquisa
15/10/2019 12:00 - Consumo de orgânicos cresce, mas custo e acesso ainda são desafios
15/10/2019 11:05 - Brasileiro não abre mão do pãozinho e categoria industrializada cresce no País
14/10/2019 15:38 - Saudabilidade nas lancheiras
14/10/2019 12:02 - Comércio será obrigado a divulgar valor de desconto nas promoções aos clientes

Veja mais >>>