(411)
Associações Estaduais
Notícias
Apresentação
Contatos
 
Você está em:

Abras

Supermercados projetam crescimento real de 5,1% nas vendas de material escolar 19/01/2017 12:12:25


Dispostos a aproveitar as datas especiais para alavancarem as vendas, os supermercados gaúchos reforçaram seus estoques de produtos da seção de papelaria com vistas à chegada do período de volta às aulas. Segundo pesquisa desenvolvida pela Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) junto aos associados e divulgada na quarta-feira (18) pelo presidente da entidade, Antônio Cesa Longo, a expectativa dos empresários do setor é de um crescimento real de 5,1% nas vendas de material escolar, na comparação com o mesmo período do ano passado. Ainda de acordo com os supermercadistas ouvidos pela Agas, 40% das vendas de volta às aulas ocorrerão em janeiro, e 60% em fevereiro.

 

Segundo o presidente da Associação, os supermercados apostam na praticidade e conveniência de propiciarem as compras de outros produtos da cesta das famílias no mesmo local do material escolar. "O consumidor tem cada vez menos tempo para frequentar diferentes estabelecimentos, e o supermercado é um grande centro de compras. Além disso, as condições de pagamento e o preço baixo deverão ser decisivos para o cliente escolher seu ponto de compra de material escolar", sublinha Longo. Conforme os números da pesquisa, os itens de papelaria estão em média 6% mais caros neste ano, na comparação com o período de volta às aulas de 2016.


Questionados sobre qual será o grande carro-chefe das vendas do setor para a volta às aulas, os supermercadistas ouvidos pela Agas foram unânimes: o caderno será, pelo nono ano consecutivo, o item mais procurado nas lojas do setor. "Os cadernos com personagens e super-heróis do momento podem custar até 40% a mais que os produtos convencionais, devido à licença. Quem optar por cadernos sem as temáticas com estes ícones, certamente irá economizar", destaca Longo. O dirigente lembra, entretanto, que as crianças têm papel cada vez mais decisivo na escolha do seu caderno. "O supermercadista de sucesso será o que melhor definir seu mix de acordo com os desenhos, heróis infantis e personagens que o consumidor está buscando", completa.


Cerca de 20% dos itens de volta às aulas vendidos deverão ser oriundos de fábricas gaúchas. Na média, as vendas de papelaria deverão representar cerca de 1,6% das vendas dos supermercados gaúchos no mês de fevereiro. Segundo a pesquisa, 9 em cada 10 supermercados farão promoções especiais de material escolar nas próximas semanas.


Quanto aos meios de pagamento, as compras à vista deverão dar o tom do consumo de volta às aulas em 2017: mais de 58% das vendas do setor deverão ser realizadas com dinheiro ou cartão de débito. "É um momento em que o consumidor está evitando o endividamento", salienta Longo:
Como os clientes deverão pagar as compras de material escolar:


Dinheiro 39%
Cartão de débito 19,7%
Cartão de crédito 37,7%
Tíquetes 2%
Cheques 1,5%



Fonte: Assessoria de Comunicação da AGAS

 



 

Últimas

» Confiança do setor supermercadista sobe em dezembro e há otimismo em relação às vendas de verão 22 de Janeiro 2018, 17h47
» Nota oficial Apras – Vale-Gás 29 de Dezembro 2017, 11h58
» Vitória do setor supermercadista: fim da cobrança de taxas negativas pelas empresas de voucher 29 de Dezembro 2017, 11h58
» Associação dos Supermercados de Alagoas comemora 40 anos de atividade 26 de Dezembro 2017, 11h58
» Vendas nos supermercados de SC se recuperam em novembro 21 de Dezembro 2017, 15h01
» Exposuper confirmada para Joinville até 2020 21 de Dezembro 2017, 09h53
» APAS cobra do Banco Central a maior emissão de moedas para resolver a falta de troco nos supermercados 18 de Dezembro 2017, 12h34
» Vendas para festas de fim de ano avançam 10% no CE 15 de Dezembro 2017, 10h42
» Inflação dos supermercados tem maior queda da história no acumulado até novembro 15 de Dezembro 2017, 10h39
» Em entrevista, Edimilson Verati fala de taxa de juros e perspectivas para 2018 13 de Dezembro 2017, 19h08

Ver mais »